A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/02/2009 12:01

Produtores farão pressão por crédito a frigorífico

Redação

Produtores de todo o País devem se reunir na próxima semana para levantar a situação dos frigoríficos e traçar uma estratégia para liberação de crédito ao Independência, que ontem suspendeu abate em 10 unidades, duas em Mato Grosso do Sul.

O presidente da Famasul (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul), Ademar Silva Júnior, afirma que na próxima semana estará reunido com o presidente do Fórum Nacional da Pecuária de Corte, Antenor Nogueira e com o presidente da Abiec (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne), Roberto Giannetti da Fonseca. Não está definido ainda se a reunião será em São Paulo ou Brasília.

Ademar afirma que as entidades vão se unir para pressionar a liberação de crédito para o Independência e outros grupos que estejam enfrentando dificuldades por falta de capital para compra de bois.

No caso do Independência, a informação é que no ano passado foi negociado um capital de R$ 450 milhões com o BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social), mas até agora só foram efetivamente liberados R$ 200 milhões.

O grupo, por meio de assessoria de imprensa, limita-se a informar que houve problema de fluxo de caixa. Na próxima semana deve ser emitido um comunicado oficial sobre a situação do Independência e suas unidades. As unidades de Nova Andradina e Anastácio respondem por 20% dos abates de bovinos de Mato Grosso do Sul.

Enquanto a questão permanece indefinida Ademar recomenda cautela aos produtores e lembra que é preciso evitar propagação de especulações, às quais o mercado reage.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions