A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Fevereiro de 2019

14/12/2018 12:53

Aplicativo enviará à polícia em tempo real imagens de câmeras do comércio

De início aplicativo vai contar com imagens de 50 câmeras do comércio de Campo Grande

Guilherme Henri
Adelaido (camisa azul) explicando sobre imagens ao secretário da Sejusp (ao lado) e autoridades (Foto: Divulgação/ CDL)Adelaido (camisa azul) explicando sobre imagens ao secretário da Sejusp (ao lado) e autoridades (Foto: Divulgação/ CDL)

Convênio firmado entre CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) e Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) vai permitir que a polícia de Campo Grande tenha acesso as imagens de cerca de 50 câmeras de segurança do comércio em tempo real.

A assinatura do convênio ocorreu na manhã desta sexta-feira (14) na sede da Sejusp, no Parque dos Poderes. As imagens serão fornecidas por meio de um aplicativo, adquirido pela câmara de dirigentes em São Paulo, onde o sistema já opera e apresentou resultados positivos em relação a segurança pública.

As informações são do presidente da CDL Adelaido Vila. Segundo ele, o lojista é convidado a participar do convênio e por meio de uma taxa mensal, quem cuida da instalação estratégica e manutenção do aparelho é a câmara de dirigentes.

“As câmeras são voltadas para a rua e 'pontos cegos'. Todas as imagens são lançadas no aplicativo e então a polícia poderá acompanhar em tempo real pelo celular mesmo o movimento da área monitorada”, explica.

O objetivo, segundo Adelaido, é o de garantir mais segurança ao lojista e população de Campo Grande. “O custo ao Poder Público é zero. Iniciamos com 50 câmeras e a meta é de atingir até 500 por toda a cidade até a metade do próximo ano”, adianta.

Além disso, o presidente da CDL esclarece que o foco é que o aplicativo também seja disponibilizado a população. “Entre as funcionalidades, o aplicativo tem um botão do pânico. O lojista ou morador que visualizar algo suspeito pode pressioná-lo por três segundos e em seguida um sinal sonoro será disparado a todos os usuários do aplicativo. Ou seja, eu cuido de você e você de mim”, explica.

Na pratica o aplicativo já está em uso em fase experimental pelos policiais do 1º Batalhão de Polícia Militar, que cuidam da área central da Capital. Após a assinatura, a CDL espera que outros lojistas façam a adesão do convênio, que também vai disponibilizar as imagens ao restante dos batalhões de polícia de Campo Grande. “Todas as imagens serão armazenadas por nós, para não ter risco de algo se perder”, finaliza.

Adelaido e secretário Antônio Carlos Videira durante assinatura do convênio (Foto: Divulgação/ CDL)Adelaido e secretário Antônio Carlos Videira durante assinatura do convênio (Foto: Divulgação/ CDL)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions