ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 29º

Lugares por Onde Ando

Brasileiros estão preferindo viajar para lugares sem aglomeração

Por Paulo Nonato de Souza | 06/03/2021 08:13
Passeio de bike rumo ao Morro do Paxixi, em Aquidauana, uma das diversas opções de lugares de pouca aglomeração em Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução)
Passeio de bike rumo ao Morro do Paxixi, em Aquidauana, uma das diversas opções de lugares de pouca aglomeração em Mato Grosso do Sul (Foto: Reprodução)

Destinos turísticos que não tenham aglomerações estão no topo da lista de preferências dos brasileiros, revela pesquisa realizada divulgada esta semana pelo Booking.com, agência  internacional online de  reservas de passagens e hospedagens. O levantamento diz que 91% dos viajantes nacionais estão buscando locais mais tranquilos e com menos riscos de contágio da Covid-19 para viajar no país.

Os dados da pesquisa confirmam o que já se observava na retomada do turismo no Brasil, no segundo semestre de 2020, ou seja, cada vez mais a lista de cuidados na hora de decidir pela compra do pacote terá itens que nunca fizeram parte das exigências da maioria dos viajantes. Até mesmo os grandes hotéis serão evitados.

Conforme o levantamento do Booking.com, 7 em cada 10 entrevistados pretendem viajar fora de temporada em 2021 e 83% deles estão levando em consideração a procura por destinos onde corra menos risco de contrair ou espalhar a Covid-19.

O ideal é viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, e o turismo de natureza com atividades ao ar livre e pouca aglomeração formam uma combinação quase perfeita neste novo normal na preferência dos brasileiros.

“Os destinos que adotem os protocolos de segurança sanitária devem ser priorizados, pois garantem as boas práticas de higienização em cada segmento do setor de turismo”, recomendou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, referindo-se ao Selo Turismo Responsável, lançado pelo MinTur.

“Cada vez mais os turistas estão buscando atrativos que adotem todas as medidas sanitárias para evitar o contágio da doença. Nós, do Ministério do Turismo, incentivamos esta ação. Verifiquem se o estabelecimento que está hospedado ou que está visitando tenha o Selo Turismo Responsável”, disse o ministro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário