ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 14º

Lugares por Onde Ando

Dicas de paraísos naturais para uma "esticada" no feriado

Por Paulo Nonato de Souza | 04/04/2022 15:22
Passeio de caiaque pelos rios e cachoeiras da Serra da Bodoquena, curtir a paz do contato com a natureza, é uma dica para o feriado de Tiradentes – Foto: Reprodução
Passeio de caiaque pelos rios e cachoeiras da Serra da Bodoquena, curtir a paz do contato com a natureza, é uma dica para o feriado de Tiradentes – Foto: Reprodução

Viajar de avião pelo Brasil ficou bem mais caro desde março. As três principais companhias aéreas nacionais – Latam, Gol e Azul – anunciaram reajustes alegando como justificativa o conflito na Ucrânia, que teria feito disparar o preço do petróleo. Assim, se as suas finanças não estão favoráveis, e ainda não fez seu planejamento para aproveitar o feriado nacional do Dia de Tiradentes, talvez a melhor opção esteja entre os paraísos naturais de Mato Grosso do Sul.

O 21 de Abril vai cair numa quinta-feira. Se conseguir negociar no trabalho para emendar a sexta-feira, a esticada com o sábado e domingo será de quatro dias. Neste caso, viajar no seu próprio carro, moto ou de ônibus para algum dos destinos sul-mato-grossenses de natureza pode sair bem mais em conta.

Em Mato Grosso do Sul, os destinos de natureza mais famosos são o Pantanal e Bonito, mas o estado tem outros paraísos naturais, alguns bem próximos de Campo Grande. Veja cinco dicas abaixo para você curtir e relaxar no feriado em homenagem ao mineiro Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes, o mártir da Independência do Brasil:

JARAGUARI – Distante 44 km de Campo Grande, Jaraguari vale muito a pena para um bate e volta, claro, se você mora na Capital e curte fazer passeios na natureza. Uma boa dica é a Trilha do Sapo, que abriga quatro cachoeiras  no percurso quase todo dentro do Rio Jatobá.

RIO NEGRO - A 130 km de Campo Grande, Rio Negro é outro destino perfeito para um bate volta para os campo-grandenses neste período de Carnaval. Um dos atrativos mais buscados pelos visitantes é o Rio do Peixe, quer abriga uma cachoeira de mais de 60 metros de altura.

Outro atrativo interessante em Rio Negro é o Vale do Alcantilado, mais conhecido pelo nome de Estância Arco Íris, uma propriedade privada a 154 km de Campo Grande com muitas atividades ao ar livre. A lista de atrativos ainda inclui trilhas, piscina natural e sítios arqueológicos com cavernas de mais de 10 mil anos, batizadas de a Toca do Índio I e a Toca do Índio II.

JARDIM – Distantes apenas 237 km de Campo Grande, Jardim é um município com uma grande variedade de belezas naturais. Fica na região do Parque Nacional da Serra da Bodoquena e abriga lugares belíssimos, como o Buraco das Araras, localizado na Fazenda Alegria, a 28 km do centro da cidade. O buraco tem dimensões gigantescas: 100 metros de profundidade e 160 metros de diâmetro. Nele, vivem muitas espécies de animais, com destaque para as araras, que se refugiam em seus paredões.

Outra atração em Jardim é a Lagoa Misteriosa, que deve ser reaberta à visitação na segunda quinzena deste mês. Todos os anos o local fica fechado entre a segunda quina de outubro e a primeira quinzena de abril devido a temporada de algas que deixam as águas esverdeadas. Isso acontece todos os anos entre outubro e abril. A Lagoa tem 30 metros de largura e 60 metros de comprimento.

BODOQUENA – Fica a 263 km de Campo Grande e a 71 km de Bonito, um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil. Faz parte da área de conservação conhecida como Parque Nacional da Serra da Bodoquena, lugar que impressiona pela diversidade de fauna e flora, incluindo belas cachoeiras, a maior parte aberta para visitação. O município rivaliza com Bonito em belezas naturais, tanto que defende um slogan que diz: “Bonito mesmo é Bodoquena”.

ITAQUIRAÍ – Na divisa com o Paraná, a 405 km de Campo Grande, você tem a Praia da Amizade, um belo atrativo às margens do Rio Paraná. Fica próxima ao Porto Santo Antônio, numa região com bosque, área de camping e capacidade para aproximadamente 400 barracas, trilhas para caminhada, gruta e uma cachoeirinha, além de  churrasqueiras, duchas, banheiros e sanitários.

Nos siga no Google Notícias