ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 30º

Lugares por Onde Ando

Lugares incríveis na Europa para você visitar depois da vacina

Por Paulo Nonato de Souza | 17/04/2021 08:37
Na região do Círculo Polar Ártico, as Ilhas Lofoten, na Noruega, é um dos destinos naturais mais especulares do planeta (Foto: Reprodução)
Na região do Círculo Polar Ártico, as Ilhas Lofoten, na Noruega, é um dos destinos naturais mais especulares do planeta (Foto: Reprodução)

Viajar livremente e da forma como conhecíamos antes da pandemia, possivelmente nunca mais, porém, as campanhas de vacinação contra a Covid-19 ao redor do mundo representam esperança de redução das restrições para viagens e abertura de fronteiras. Devidamente vacinado e com o “passaporte da imunidade”, atualmente em discussão em diversos países, inclusive no Brasil, certamente você terá mais chances de fazer o passeio dos seus sonhos.

Se já podemos sonhar e até fazer planos, listamos 10 das 26 dicas de destinos naturais europeus, alguns desconhecidos da maioria dos viajantes, considerados os mais belos da Europa pela revista americana Condé Nast Traveler, especializada em viagens de luxo e estilo de vida.

Podemos até considerar que muitos outros destinos incríveis na Europa ficaram de fora, algo bastante possível quando se limita um número de eleitos, mas com certeza as 26 sugestões são deslumbrantes. Veja a nossa lista abaixo com 10 lugares para você curtir belezas naturais na Europa:

1. Alpes – Suíça

Formados pelas Cordilheiras da Europa, os Alpes são as montanhas cobertas de neve mais famosas do mundo (Foto: Reprodução)
Formados pelas Cordilheiras da Europa, os Alpes são as montanhas cobertas de neve mais famosas do mundo (Foto: Reprodução)

A Suíça é um país muito especial, em todos os sentidos, inclusive em belezas naturais, seja no inverno, seja no verão. Se programar sua viagem no interno, os Alpes são atrativos imperdíveis. A montanha mais alta desta cordilheira é o Pico Dufour (Maciço do Monte Rosa) com 4.634 metros de altura, localizado na fronteira com a Itália.

Os Alpes Suíços compõem o destino preferido para quem quer esquiar e apreciar paisagens cobertas de neve, entre dezembro e março. Mas se for no verão também vale a pena conhecer atrativos deslumbrantes e passeis incríveis.

2. Biarritz – França 

A cidade de Biarritz é conhecida por suas praias maravilhosas, um destino muito procurado principalmente durante o verão europeu (Foto: Reprodução)
A cidade de Biarritz é conhecida por suas praias maravilhosas, um destino muito procurado principalmente durante o verão europeu (Foto: Reprodução)

É uma região litorânea no sudoeste francês, destino de veraneio muito frequentado pela realeza europeia no século XIX, atualmente importante destino de surfe. O lugar é considerado a personificação do glamour com muito a oferecer ao visitante em busca de praias e lazer ao lar livre.

A cidade está localizada a apenas 35 quilômetros da fronteira com a parte basca da Espanha, uma comunidade autônoma espanhola com fortes tradições culturais e idioma próprio. Por isso Biarritz é conhecida como o “País Basco Francês”. Você sente essa influência nos restaurantes com grande oferta de pratos espanhóis.

3. Cachoeiras Kravice – Bósnia e Herzegovina

Kravice Falls está geograficamente localizada em uma região privilegiada de belezas naturais, perto da fronteira com a Croácia (Foto: Reprodução)
Kravice Falls está geograficamente localizada em uma região privilegiada de belezas naturais, perto da fronteira com a Croácia (Foto: Reprodução)

A Bósnia e Herzegovina, um país localizado na península balcânica, no sudoeste da Europa, tem muitas atrativos turísticos deslumbrantes, mas um em especial são as cachoeiras Kravice, consideradas um dos segredos naturais europeus mais bem guardados. Kravice Falls (nome em inglês) é cercada de florestas verdes é formado por grande extensão de quedas d’água e belas piscinas construídas pela natureza.

4. Hallstatt – Áustria

No verão ou no inverno, Hallstatt é uma das cidades alpinas mais encantadoras que vale a pena visitar (Foto: Reprodução)
No verão ou no inverno, Hallstatt é uma das cidades alpinas mais encantadoras que vale a pena visitar (Foto: Reprodução)

É uma aldeia localizada na costa ocidental do lago Hallstatt, na região montanhosa de Salzkammergut, na Áustria. Destino muito procurado por esquiadores no inverno e apreciadores de bela paisagem nos dias mais quentes, os atrativos incluem suas casas e ruelas alpinas do século XVI.

No inverno, geleiras majestosas, campos verdejantes e águas cristalinas no meio de altas montanhas transformam Hallstatt num dos mais belos locais europeus. Além de tudo isto, a cidadezinha austríaca é Patrimônio Mundial da Unesco e abriga a escadaria de madeira mais antiga da Europa, com mais de três mil anos.

5. Ilhas Lofoten – Noruega

As Ilhas Lofoten, um dos lugares mais incríveis do planeta, em noite de aurora boreal nos céus da Noruega (Foto: Reprodução)
As Ilhas Lofoten, um dos lugares mais incríveis do planeta, em noite de aurora boreal nos céus da Noruega (Foto: Reprodução)

Fica na região do Círculo Polar Ártico, na costa noroeste da Noruega. É uma área selvagem majestosa conhecida por suas praias de surfe e visualização da aurora boreal, um fenômeno óptico composto de brilho observado nos céus noturnos das regiões polares, por conta do impacto de partículas de vento solar com a alta atmosfera da terra.

Como o próprio nome diz, são muitas ilhas interligadas por pontes, mas não importa para onde você vá, é certo que encontrará águas cristalinas e montanhas escarpadas, tudo bem perto dos magníficos fiordes noruegueses. Lofoten é um paraíso quase intocado pela dificuldade de acesso. O aeroporto mais próximo fica em Evenes, distante 300 km.

6. Königssee – Alemanha

Parece paisagem de desenho animado, mas é Königssee, o Lago do Rei, na Alemanha (Foto: Reprodução)
Parece paisagem de desenho animado, mas é Königssee, o Lago do Rei, na Alemanha (Foto: Reprodução)

Fica no sudoeste da Baviera. O Lago do Rei, na tradução para o português, é um lago alpino com águas cristalinas e passeios de barco. Este encantador lugar ganha mais magia por ser rodeado pelos Alpes Berchtesgaden. O lago fica a 160 km de Munique, próximo da fronteira com a Áustria.

Rodeados de montanhas, o Lago do Rei é um dos mais bonitos da Baviera. A maravilha natural está dentro do Parque Nacional de Berchtesgaden, distante apenas 35 km da austríaca Salzburgo. O lugar é perfeito para caminhadas.

7. Vale da Dordonha – França

Ponte sobre o rio Dordonha, que dá nome ao Vale da Dordonha, um dos destinos mais belos da França (Foto: Reprodução)
Ponte sobre o rio Dordonha, que dá nome ao Vale da Dordonha, um dos destinos mais belos da França (Foto: Reprodução)

É um vilarejo medieval que fica em uma das regiões mais belas da França com uma série de casas de pedras e castelos na encosta de um penhasco sobre o rio Dordonha. Só isso já proporciona uma visão espetacular, mas a área também tem uma reputação de delícias gourmet como trufas, queijos, vinhos e foie gras. A região também é lar da Virgem Negra que pode ser adorada no Santuário de Nossa Senhora dos Milagres, em Rocamadour.

8. Dolomitas – Itália

Com cenários que mais parecem uma moldura, Dolomitas fica no norte da Itália (Foto: Reprodução)
Com cenários que mais parecem uma moldura, Dolomitas fica no norte da Itália (Foto: Reprodução)

As Dalomitas são uma cadeia de montanhas no norte da Itália, com sua parte mais interessante nas províncias de Bolzano, Trento, Údine e Perdenone. Seu ponto mais alto é a Marmolada com 3.343 metros de altura.

As Dolomitas estão entre as mais belas cadeias montanhosas do mundo, que no inverno suas trilhas e pistas de neve são invadidas por esquiadores. É nessa região que fica Cortina d’Ampezzo, uma das mais belas cidades cobertas de neve da Europa. Se você for no verão, a dica é explorar as estradas que serpenteiam a cordilheira com vistas deslumbrantes.

9. Lapônia – Finlândia

Com temperatura média anual de 20 graus negativos, a Lapônia é muito mais do que a cidade onde vive o  Papai Noel (Foto: Reprodução)
Com temperatura média anual de 20 graus negativos, a Lapônia é muito mais do que a cidade onde vive o  Papai Noel (Foto: Reprodução)

Fica no extremo norte da Finlândia, Muito mais que a terra do Papai Noel, a região oferece paisagens totalmente brancas, exibições frequentes da aurora boreal e uma população de renas que supera a de residentes humanos. O lugar parece um conto de história infantil. No verão, uma atração especial é o deslumbrante sol da meia-noite.

A Lapônia é uma das 19 regiões da República da Finlândia. Faz fronteira com Suécia, Rússia, Noruega e Estônia. A temperatura média anual é de 20 graus negativos, e isso significa que, se decidir ir para a terra do Papai Noel não poderá esquecer de levar luvas, cachecol, botas de neve, gorro e casacos.

10. Montanhas do Cáucaso – Geórgia

A região do Cáucaso fica na fronteira da Europa com a Ásia, desde as margens do Mar Negro até o Mar Cáspio (Foto: Reprodução)
A região do Cáucaso fica na fronteira da Europa com a Ásia, desde as margens do Mar Negro até o Mar Cáspio (Foto: Reprodução)

País ainda pouco visitado, fica no extremo oriente da Europa. Desde o fim da Guerra dos Seis Dias com a Rússia, em agosto de 2008, a Geórgia voltou para a cena do turismo internacional. Esta ex-república soviética tem atraído cada vez mais turistas.

Entre suas atrações está a cordilheirda do Cáucaso, uma cadeia de montanhas de 1200 km entre o Mar Negro e o Mar Cáspio. No limite do extremo sudoeste da Europa, já na fronteira com a Ásia.

Gostou das nossas 10 dicas? Se quiser conferir a lista completa só acessar o site oficial da revista Condé Nast Traveler.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário