ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SEXTA  05    CAMPO GRANDE 21º

Lugares por Onde Ando

Quando voltaremos a viajar como se viajava antes da pandemia?

Por Paulo Nonato de Souza | 23/01/2021 08:18
Mesmo quando toda a população do planeta estiver vacinada, o mais provável é que prevaleça o chamado novo normal em nossas viagens (Foto: Reprodução)
Mesmo quando toda a população do planeta estiver vacinada, o mais provável é que prevaleça o chamado novo normal em nossas viagens (Foto: Reprodução)

É a pergunta que o mundo inteiro anda fazendo, depois que surgiram as primeiras vacinas contra a Covid-19. Nunca mais! Talvez essa seja a resposta mais adequada, porque mesmo quando toda a população do planeta estiver vacinada, e isso ainda vai demorar um pouco, o mais provável é que prevaleça o chamado novo normal.

O início da vacinação já é um alívio diante do pânico que se criou em torno da pandemia. Ainda não há prazos definidos sobre a imunização geral, especialmente no Brasil, mas, desde que respeitando as medidas de segurança estabelecidas pelos protocolos, viajar é possível, ainda que não seja preciso.

No Brasil o turismo retomou as atividades desde o início do segundo semestre de 2020 sob extensa lista de protocolos de biossegurança, como limitação de visitantes para evitar aglomerações e reduzir riscos de contágio, check in online, uso de álcool em geral, máscara e uma forte campanha para que os viajantes brasileiros escolham destinos nacionais.

Além dos destinos de praias, como Fortaleza, no Ceará, uma das primeiras cidades a ter as praias abertas no Brasil, a lista de lugares turísticos no país é bem longa, e certamente não seria por falta de opção que alguém deixaria de viajar. Só não esquecer de buscar informações sobre o seu destino preferido.

Isso porque cada cidade e cada região são livres para estabelecer protocolos e restrições de viagem, e as mudanças acontecem conforme o nível de contágio da Covid-19.

Antes de fechar negócio na agência de viagens ou na compra online, o ideal é saber, por exemplo, se o comércio local está funcionando, se a rede hoteleira está recebendo toda a sua capacidade e se os pontos turísticos estão abertos.

Sobre viagens para o exterior, levantamento da Skyscanner, empresa sueca de compra online de passagens, sugere atenção redobrada, considerando que as restrições mudam frequentemente e o risco de contágio por coronavírus segue sendo muito alto.

Ainda de acordo om a Skyscanner, atualmente 119 países estão com suas fronteiras abertas para brasileiros. Desse total, 10 fazem restrições leves e 109 estabeleceram restrições moderadas (quarentena e teste para a Covid-19), e outros 106 países estão com restrições fortes, praticamente fechados, para turistas do Brasil.

A recomendação para buscar informações sobre o seu destino é ainda mais importante no caso de viagem para o exterior. É fundamental conferir se o país está aberto para brasileiros e quais são os requisitos de entrada.

No retorno da sua viagem internacional, saiba que já estão em vigor as novas regras para passageiros tanto brasileiros quanto estrangeiros, que exigem  o teste PCR negativo para coronavírus feito em até 72h de antecedência e preenchimento da Declaração de Saúde do Viajante (DSV) online. Caso você apresente sintomas do novo coronavírus, busque atendimento médico logo que desembarcar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário