ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 39º

Lugares por Onde Ando

Se tem planos de ir para o Canadá, espere setembro chegar

Por Paulo Nonato de Souza | 27/07/2021 08:12
O Lago Moraine, no Parque Nacional de Banff, um dos destinos de belezas naturais do Canadá (Foto: Reprodução)
O Lago Moraine, no Parque Nacional de Banff, um dos destinos de belezas naturais do Canadá (Foto: Reprodução)

Se você já está 100% vacinado contra a Covid-19 com imunizantes Pfizer-BioNTech, AstraZeneca-Universidade de Oxford, Janssen (Johnson & Johnson) e Moderna e tem planos para conhecer o Canadá, um dos destinos no mundo que mais atrai brasileiros para fazer turismo, morar ou estudar, pela sua herança da colonização inglesa e francesa, arquitetura e paisagens naturais, saiba que a partir de setembro as fronteiras do país da América do Norte estarão abertas também para brasileiros.

A Covid-19 deixará de ser um obstáculo. “Em 7 de setembro de 2021, desde que a situação epidemiológica doméstica permaneça favorável, o Canadá abrirá as fronteiras para qualquer viajante totalmente vacinado que tenha completado o curso completo de vacinação com vacina aceita pelo Governo canadense pelo menos 14 dias antes de entrar no país, e que atendam aos requisitos específicos”, diz nota publicada no site oficial da Agência de Saúde Pública do Canadá. Mesmo já tendo sido aprovada pela Organização Mundial da Saúde, a CoronaVac não é citada no documento.

Principal companhia aérea canadense, a AirCanada até já anunciou para setembro a retomada de voos partindo do Brasil com destino a Toronto. Inicialmente serão três voos semanais, mas há planos para que as operações se tornem diárias a partir de 1º de novembro.

No primeiro momento da abertura, todos os viajantes, independentemente do status de vacinação, ainda serão submetidos a exigência de teste molecular COVID-19 antes da entrada no país. Mas o governo anunciou que está ajustando sua estratégia de teste pós-chegada para viajantes totalmente vacinados e um novo programa poderá ser implantado já a partir do próximo dia 9 de agosto.

Com o novo programa de vigilância de teste de fronteira em aeroportos e passagens de fronteira terrestre, viajantes totalmente vacinados não precisarão de um teste pós-chegada, a menos que tenham sido selecionados aleatoriamente para completar um teste molecular COVID-19 no desembarque, informa a Agência de Saúde Pública do Canadá.

Os viajantes devem preencher um formulário no ArriveCAN, um aplicativo de controle de viagens para o país norte-americano, e não se esqueça de que as informações da sua imunização tem que ser em inglês ou francês. Se forem elegíveis para entrar no Canadá e atenderem a critérios específicos, os viajantes totalmente vacinados não terão que ficar em quarentena ao desembarcar. Importante ter em mãos uma cópia do comprovante de vacinação em inglês ou francês.

A aurora boreal é bem visível em Whitehorse, no noroeste canadense, um belo espetáculo da natureza nos meses de novembro a abril (Foto: Reprodução)
A aurora boreal é bem visível em Whitehorse, no noroeste canadense, um belo espetáculo da natureza nos meses de novembro a abril (Foto: Reprodução)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário