ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 17º

Lugares por Onde Ando

Seguro viagem, nem sempre lembrado, mas indispensável

Por Paulo Nonato de Souza | 02/07/2022 09:34
As férias de julho estão chegando, não esqueça de incluir o seguro viagem no seu planejamento – Foto: Reprodução
As férias de julho estão chegando, não esqueça de incluir o seguro viagem no seu planejamento – Foto: Reprodução

Vai viajar nas férias de julho? Antes de sair de viagem, não esqueça de incluir o seguro no seu planejamento. Normalmente não nos preocupamos com esse item, mas imprevistos podem acontecer, desde mala extraviada, se viajar de avião, trem ou de ônibus, ou até questões de saúde. É importante a garantia de proteção para as situações inesperadas, ainda mais quando estamos longe de casa.

Quando queremos viajar usamos nossas ferramentas de buscas preferidas para localizar os melhores preços de passagem, hospedagem, passeios e pontos turísticos, e o seguro viagem sempre encaramos como um gasto a mais no planejamento. Mas, basta avaliar que esse cuidado pode evitar gastos extras com situações imprevistas, como despesas médicas, por exemplo.

“Sempre faço seguro viagem, mas somente quando vou para o exterior. Comecei a fazer depois de uma experiência desagradável em Nova York, nos Estados Unidos, quando tive uma virose e só o atendimento médico custou quase R$ 10 mil, fora a medicação”, contou o campo-grandense Arthur Garcia Rosa Vaz. “Foi mais do que eu gastei com passagem, hospedagem e alimentação”, comparou.

Se o seu destino nestas férias for a Europa, os 26 países europeus do “Tratado de Schengen” estabeleceram a contratação de um seguro viagem para turistas no valor mínimo de 30 mil euros para todos os viajantes. O turista vai pagar de acordo com o total de dias de permanência, algo em torno de R$ 9 a R$ 25 por dia, valor normalmente cobrado por seguro em viagens internacionais.

Mas é importante fazer o seguro também para suas férias no Brasil, pois não é só no exterior que os imprevistos podem acontecer. Com o seguro você evita um perrengue comum em situações médicas. Como os nossos convênios médicos normalmente são regionais, o atendimento não está previsto em outras regiões do país. Por exemplo, a carteirinha da Cassems em um hospital do Nordeste não será aceita.

A maioria dos seguros cobre despesas médicas, mas também outros serviços como suporte jurídico, indenização por extravio da bagagem, auxílio em caso de perda de documentos e reembolso por atrasos ou cancelamentos de voos. O mercado de empresas especializadas na venda de seguro viagem é bastante diversificado. Basta pesquisar na Internet e você terá várias opções para fechar seu seguro com a cobertura que achar necessária no seu roteiro e tipo de turismo que irá fazer na sua viagem.

Veja abaixo algumas dicas importantes sobre a contratação do seguro viagem:

1 – Tenha o máximo de atenção na cobertura que o plano oferece, porque existem no mercado os mais variados planos e cada qual com suas propostas, as mais simples e as mais completas.

2 – Não esquecer de nenhuma informação importante, como o seu período de viagem e suas atividades turísticas, se precisa de cobertura para algum objeto, computador, máquina fotográfica, celular etc. Para evitar surpresas desagradáveis na hora da necessidade, tudo tem que estar informado e especificado com exatidão.

3 – É fundamental levar cópia da apólice e os dados de contato da sua seguradora sempre à mão, ou seja, em lugar que possa encontrar com facilidade. Estamos na era da Internet e recusamos o uso de papéis, o que é louvável, afinal devemos cuidar do meio ambiente, mas é bom se prevenir também para o caso de não ter wifi, por exemplo, no momento do atendimento.

4 – Atente para a diferença entre seguro viagem e assistência de viagem. O seguro reembolsa as despesas do viajante, que paga as contas do próprio bolso e depois submete notas fiscais e laudos médicos à seguradora, enquanto que a assistência recomenda que o viajante faça uma triagem por telefone para depois decidir o que fazer, se envia um médico ou encaminha o cliente para um hospital credenciado. Você pode optar pelos dois modelos juntos.

5 - Outra forma de garantir uma viagem sem imprevistos é ficar atento às vacinas necessárias de acordo com seu destino. O ideal é que a pessoa mantenha sempre a carteira de vacinação em dia, em conformidade com o calendário brasileiro de imunização.

Nos siga no Google Notícias