ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 31º

Meio Ambiente

Ibama apreende quase 400 aves de criadores, 63 com ameaça de extinção

Por Ângela Kempfer | 19/04/2011 18:02
Fiscal registra aves encontradas comcriadores.(Divulgação)
Fiscal registra aves encontradas comcriadores.(Divulgação)

O Ibama apreendeu 386 pássaros de criadores amadores em três municípios de Mato Grosso do Sul. Só em Campo Grande, 225 aves foram recolhidas, 63 das espécies bicudos verdadeiros e bicudos do Pantanal, ameaçadas de extinção.

Também foram descobertas irregularidades em Três Lagoas e Dourados. No total, os criadores receberam multas que somam R$ 472,5 mil, só na Capital foram R$ 368 mil.

Três deles foram notificados por irregularidades nas anilhas de porte obrigatório para as aves.

Em Três Lagoas, 4 criadores foram multados em R$ 28,5 mil. Com eles foram recolhidas 47 aves.

Em Dourados, a fiscalização apreendeu 114 aves, o que rendeu 3 autos de infração com multas que somam R$76 mil reais.

“Uma ave sem anilha pode significar que o pássaro acabou de ser retirado da natureza, o que é ilegal. Além disso, sabemos que de cada dez aves silvestres retiradas do seu ninho 9 morrem em seguida. O que é condenável pela sociedade e pode provocar sérios prejuízos ao equilíbrio dos biomas naturais,” lembra o chefe da Divisão de Proteção Ambiental do Ibama em Mato Grosso do Sul, Mário Rubbo.

Ibama apreende quase 400 aves de criadores, 63 com ameaça de extinção