A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/12/2010 09:21

Aumento de salários de parlamentares: vergonha internacional

Por Hans Misfeldt (*)

País assiste calado mais uma cena de abuso e ineficiência política. Parece piada, mas não é. Nossos Deputados Federais e Senadores acabam de votar um aumento salarial de 62% em seus próprios vencimentos, dos Magistrados e da nova Presidente Dilma Roussef e seu vice, Michel Temer.

Numa sessão rápida, discreta e sem muita discussão, nossos políticos subiram os salários para R$ 26.700,00, afinal estavam insatisfeitos, pois trabalham demais e ganhavam de menos.

Estranho é ver quando se é para votar o aumento do salário mínimo dos brasileiros ou reajustes na aposentadoria a explicação é sempre a mesma: vai quebrar o país, a previdência não tem dinheiro, etc, etc etc.

Aquela ladainha que estamos cansados de ouvir. Mas ao votar o próprio salário, os políticos são rápidos, discretos e não pensam duas vezes.

Que bom seria se cada trabalhador decidisse a hora de aumentar seu próprio salário sem consultar seus patrões.

Mal se lembram os políticos que os patrões deles são o povo brasileiro que, confiantes em seus votos, elegem essa porcariada que envergonha qualquer cidadão. Isso deveria mudar: a reforma política tão esperada e sonhada deveria ser feita nas urnas, logo a partir de 2012, nas Eleições Municipais.

Que moral terá o Brasil, perante as maiores nações do mundo, em que falta verba para educação, saúde e saneamento básico, mas tem para o aumento salarial dos políticos?

Vou logo ao ponto sem rodeios: infelizmente, mais uma vez, o cidadão brasileiro é taxado de trouxa e burro, pois não há outra definição já que o povo assiste calado uma desfaçatez desse tamanho, um desrespeito para com aquele que paga em dia seus impostos e obrigações.

(*) Hans Misfeldt é jornalista e empresário em São Paulo.



O salário mínimo aumentará 5,08% em Janeiro, enquanto o dos deputados aumentará 62% . Isso é justo? É claro que todos merecem aumento, mas seria justo um aumento de 30% no máximo (pois esse aumento vale para os próximos 4 anos). A não ser que se anuncie agora o aumento de 100% no salário mínimo, no salário dos médicos, policiais militares, garis, e de todos os funcionários públicos e privados. Isso sim é justo.
Depois de todos os episódios a que assistimos durante esta legislatura que termina, o mínimo que deveríamos esperar é que todos sem exceção, devolvessem tudo o que receberam, pelo menos, durante este último ano, senão por corrupção, no mínimo por incompetência. E o que se vê, no entanto, é um achincalhe à nossa inteligência, à nossa dignidade, quando se auto presenteiam com um singelo aumento de mais de 62 %. Agora, o Tiririca vai saber o que faz um Deputado Federal. Deixo aqui uma pergunta: o que vai acontecer com a PEC 300? A PEC dos Policiais Militares. Vai ser aprovada?
 
José Caitano em 25/12/2010 12:43:38
Vou dizer uma coisa. Isso só aconteceu, acontece, e ainda vai acontecer, porque o povo "FROUXO" permite. As coisas só acontecem, porque o povo permite. A partir do momento em que o povo começar a rejeitar as coisas, partir para cima desses verdadeiros "ladrões de colarinho branco", aí sim a coisa vai fluir. O povão tem que partir pra cima, e não aceitar. Quer dizer, eles não votaram a PEC 300, não aumentaram, e dizem que não tem dinheiro para aumentar o salário mínimo,.. mais tem dinheiro para aumentarem seus próprios salários, mais de R$ 200 milhões, para os cofres públicos... esses,...pilantras tinham que trabalhar do jeito que trabalham ganhar é um salário mínimo, quem sabe assim, dariam mais valor as coisas. SOU A FAVOR! Quem sabe assim trabalhavam e não roubavam do povo ... TROUXA!
 
Marcelo Max em 18/12/2010 10:58:55
Uma vergonha o que estamos vendo agora,enquanto que para os professores o aumento foi de 6%,o deles foi isso ai que todos sabemos,sendo que sem o professor nenhum deles estaria ai,aja visto,a situaçao do Tiririca tanto discusão porém a valorizaçao desse profissionla não existe muito menos o respeito por esse que doa em favor de nossos filhos,sem contar a falta de segurança que eles tem,não sou professora,mas vejo a falta de consideração por essa classe porque sei que meus filhos ficam com eles boa parte do seu dia e muitos nem reconhecem...uma vergonhaaaaaaaaaa
 
Luiza Souza em 18/12/2010 10:58:05
É uma vergonha mesmo!!! Já faz uns anos que não voto em nenhum político, meus votos sempre foram em branco... afinal não é o que os mandantes fazem em seu governo... nada!!! Só promessas, e o povo brasileiro acredita!!! Temos que trabalhar dobrado para pagar nossos impostos e viver dignamente, enquanto eles só tem sombra e água fresca! Lutamos todo ano por 4% ou 5% de aumento... eles tem mais de 50%, é uma palhaçada mesmo. Isso sem contar que as despesas pessoais em alimentação, transporte, segurança, etc etc... vem do próprio dinheiro dos contribuintes, do povo e o salário deles mesmo não o usam para nada, apenas para bem próprio, no fundo, eles tiram mais de 100 mil reais por mês, só o povo é ignorante e não vê isso! Não tiro o mérito do Tiririca, mas já tá virando palhaçada nacional e internacional!!! Até quando vamos aguentar isso? Que futuro vamos dar aos nossos filhos?
 
Tiago Honorio de Godoy em 18/12/2010 10:02:22
É muito triste ver essa situação, porém mais triste ainda é ver como o povo brasileiro é submisso.Onde está a determinação,a coragem que levava o povo às ruas na época da ditadura?As pessoas iam às ruas sem medo,expressando suas opiniões.Hoje o povo se acomodou,estamos anestesiados diante de tantos absurdos na nossa política.
Se isso acontecesse em quelquer país da Europa,por exemplo,o povo saia às ruas quebrando tudo.Não sou à favor da violência e nem do vandalismo,mas esse caso merece uma reivindicação bem radical.Afinal é ridiculamente injusto que os políticos ganhem essa fortuna sem mexer uma palha,enquanto nós nos matamos de trabalhar para sobreviver com um salário que eles mesmos decidiram para nós.
É por isso que isso que o Brasil não será país de primeiro mundo NUNCA....

Nati Ávila
 
Nati Ávila em 18/12/2010 09:45:41
Acho que o salário dos deputados e demais aumentado agora esta justo, inclusive o da presente, se fosse só o salário que eles recebessem, mas sabemos que não é, por ex. quanto gasta um deputado e um presidente para ser eleito, se fossem custear as despesas de campanhas com os próprios salários morreriam com 1000 anos e não pagariam, pois gastam milhoes, agora um executivo de empresa de médio porte ja ganham mais do que isso.
Vamos fazer politica com seriedade
 
Paulo Silva em 18/12/2010 09:42:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions