A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Outubro de 2019

11/03/2011 14:58

Cuidado ao optar pela antecipação do Imposto de Renda

Por Wilson Pires (*)

A entrega das declarações do Imposto de Renda (IR) já começou. Para quem tem valores a restituir, as instituições financeiras oferecem a opção de antecipar este montante com taxas de juros relativamente baixas, comparadas a outras modalidades de empréstimos.

Tal modalidade deve ser analisada antes da sua escolha, pois há vantagens e desvantagens ao contratá-la. O principal benefício é a taxa de juros, pois é uma das mais baixas do mercado, girando em torno de 3% ao mês, enquanto o cartão de crédito cobra, aproximadamente, 12% ao mês. Além disso, a contratação é relativamente simples. Geralmente, basta entregar ao banco uma cópia do recibo de entrega do IR com a opção de recebimento pela mesma instituição e assinar um contrato de empréstimo.

Por outro lado, as pessoas se esquecem que se esperarem a data da efetiva restituição, não pagarão juros, nem quaisquer outras taxas por isso, e receberão um acréscimo de 11,75% ao ano até que a Receita Federal credite a conta do contribuinte. Ainda, existe a possibilidade de o contribuinte cair na malha fina, o que fará pagar os juros até a respectiva liquidação ao banco.

Esta antecipação é muito recomendada aos contribuintes que têm dívidas mais caras, como cheque especial e rotativo do cartão de crédito. Para eles, vale trocar de dívida, optando por tomar esta modalidade de empréstimo e liquidar (ou reduzir) as demais obrigações. Com isso, paga-se menos juros ao longo do tempo.

O principal problema é que os bancos “vendem” este produto com a mensagem de antecipação de consumo. Neste sentido, não devemos atender ao apelo, pois desembolsaremos dinheiro (juros) para isso. Por fim, lembre-se que o controle financeiro pessoal é sempre o melhor caminho para tirarmos mais proveito de nosso suado dinheiro.

(*)(Wilson Pires é professor do curso de Administração do Centro Universitário da FEI (Fundação Educacional Inaciana).

Compliance: benefícios práticos nas empresas
Um dos principais patrimônios de uma organização é, sem dúvidas, sua reputação, que pode ter impacto tanto positivo como negativo nos negócios. Indep...
Um olho no peixe, outro no gato
O agro brasileiro poderia ser bem mais assertivo em sua comunicação com os mercados, aqui e no exterior. Falar mais das coisas boas que faz, seguindo...
Como transformar a nossa relação com a natureza?
Falar em meio ambiente não é algo abstrato. Se traduz no ar puro que respiramos, na água que bebemos e na fauna e flora que nos cercam. Somos depende...
Sem comunicação não há evolução
Os líderes do agronegócio hoje concordam que precisamos dialogar muito mais com a sociedade urbana, pois sem isso não teremos aderência nas necessida...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions