A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

11/03/2011 14:58

Cuidado ao optar pela antecipação do Imposto de Renda

Por Wilson Pires (*)

A entrega das declarações do Imposto de Renda (IR) já começou. Para quem tem valores a restituir, as instituições financeiras oferecem a opção de antecipar este montante com taxas de juros relativamente baixas, comparadas a outras modalidades de empréstimos.

Tal modalidade deve ser analisada antes da sua escolha, pois há vantagens e desvantagens ao contratá-la. O principal benefício é a taxa de juros, pois é uma das mais baixas do mercado, girando em torno de 3% ao mês, enquanto o cartão de crédito cobra, aproximadamente, 12% ao mês. Além disso, a contratação é relativamente simples. Geralmente, basta entregar ao banco uma cópia do recibo de entrega do IR com a opção de recebimento pela mesma instituição e assinar um contrato de empréstimo.

Por outro lado, as pessoas se esquecem que se esperarem a data da efetiva restituição, não pagarão juros, nem quaisquer outras taxas por isso, e receberão um acréscimo de 11,75% ao ano até que a Receita Federal credite a conta do contribuinte. Ainda, existe a possibilidade de o contribuinte cair na malha fina, o que fará pagar os juros até a respectiva liquidação ao banco.

Esta antecipação é muito recomendada aos contribuintes que têm dívidas mais caras, como cheque especial e rotativo do cartão de crédito. Para eles, vale trocar de dívida, optando por tomar esta modalidade de empréstimo e liquidar (ou reduzir) as demais obrigações. Com isso, paga-se menos juros ao longo do tempo.

O principal problema é que os bancos “vendem” este produto com a mensagem de antecipação de consumo. Neste sentido, não devemos atender ao apelo, pois desembolsaremos dinheiro (juros) para isso. Por fim, lembre-se que o controle financeiro pessoal é sempre o melhor caminho para tirarmos mais proveito de nosso suado dinheiro.

(*)(Wilson Pires é professor do curso de Administração do Centro Universitário da FEI (Fundação Educacional Inaciana).

Como empresários e autônomos garantirão futuro com as mudanças previdenciárias
Ter condições de se aposentar se tornou algo mais complicado no Brasil. As reformas propostas, a condição econômica em que o país se encontra, tudo i...
República da delação
O Brasil está se transformando na República da Delação. Os delatores são considerados salvadores da Pátria. Recebem homenagem de tribunais e de casas...
Cidadãos globais ou do cosmos
Vivemos na época do abuso do poder por homens que se julgam acima de tudo e de todos, impondo sua vontade de forma tirânica. Não querem assumir a res...
Lembranças e esquecimento
xcertos de cartas preteridas por outros veículos de comunicação refletem o que se pretendeu opinar, discutir e comentar. No âmbito cultural e em rela...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions