A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

24/10/2014 14:48

Dicas para um trabalho em equipe mais produtivo

Por Eduardo Ferraz (*)

A rotina, seja nas grandes ou pequenas empresas, propicia uma lógica de funcionamento que é fundamental para que as pessoas possam ter um bom planejamento de suas atividades. Entretanto, tudo o que é muito burocrático induz à zona de conforto e acaba gerando desmotivação. Uma pesquisa realizada pela consultoria BTA que ouviu 531 executivos no país, mostra que quase 80% dos empresários brasileiros dizem que seus funcionários não usam todo seu potencial no ambiente de trabalho. Segundo eles, esse comportamento acaba refletindo nos resultados da empresa.

O grande problema não está apenas na falta de motivação dos funcionários, pois os próprios executivos admitem que investem apenas 16% do tempo em gestão de pessoas e acabam tendo dificuldade de conhecer bem cada profissional, explorando pouco os diferentes talentos que cada um tem.
Para sair um pouco da rotina e ter um dia a dia de trabalho mais produtivo, sugiro ao líder as seguintes medidas:

1- Seja acessível –Esteja disponível sempre que possível para se relacionar com seus colaboradores. Tão importante quanto ouvir as pessoas, é dar retorno a respeito de suas sugestões e críticas. Isso demonstra deferência e respeito.

2- Seja flexível– Estimule sua equipe a criar alternativas aos procedimentos corriqueiros. Você pode, por exemplo, liberar as pessoas para fazer alguns trabalhos em casa um ou dois dias por mês ou ter um banco de horas.

3- Tenha momentos informais – Comemorar o aniversário das pessoas, fazer um happy hour, promover pequenos campeonatos esportivos, por exemplo, gera um espírito de camaradagem e reforça o trabalho de equipe. A maioria das pessoas trabalha mais disposta e motivada quando conhece o lado “humano” de seus colegas, chefes e subordinados.

4- Dê feedbacks assertivos – Ser franco é muito melhor do que ser complacente, pois dá às pessoas a percepção de que o clima é agradável, mas a indolência e os maus resultados não serão tolerados. Procure dar feedbacks com objetividade e clareza dizendo em que a pessoa pode melhorar e os caminhos que você sugere para que isso ocorra.

5- Premie o bom desempenho – Trabalhos ou desempenhos consistentemente acima da média devem ser reconhecidos e premiados. Valorize explicitamente os indivíduos mais dedicados e comprometidos com os resultados da empresa. No começo, isso pode gerar um pouco de competição, mas, com o passar do tempo, se os critérios forem justos, essa cultura tende a se espalhar pela empresa e contaminar positivamente o ambiente de trabalho.

(*) Eduardo Ferraz é consultor em Gestão de Pessoas há 25 anos e especialista em treinamentos usando como base a Neurociência comportamental. Acumula mais de 30.000 horas de experiência prática em empresas de vários segmentos. É pós-graduado em Direção de Empresas e autor dos livros “Por que a gente é do jeito que a gente é?”, “Vencer é ser você” e “Seja a pessoa certa no lugar certo”, pela Editora Gente. Para mais informações, acesse:www.eduardoferraz.com.br ; www.facebook.com/eduardoferrazconsultor

Um olho no peixe, outro no gato
O agro brasileiro poderia ser bem mais assertivo em sua comunicação com os mercados, aqui e no exterior. Falar mais das coisas boas que faz, seguindo...
Como transformar a nossa relação com a natureza?
Falar em meio ambiente não é algo abstrato. Se traduz no ar puro que respiramos, na água que bebemos e na fauna e flora que nos cercam. Somos depende...
Sem comunicação não há evolução
Os líderes do agronegócio hoje concordam que precisamos dialogar muito mais com a sociedade urbana, pois sem isso não teremos aderência nas necessida...
A Ciência e o desenvolvimento: o óbvio que deve ser lembrado
Um país só se desenvolve se tiver ciência sólida que se transforme em tecnologia empregada pelo setor produtivo. Isso tem sido sobejamente demonstrad...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions