A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

24/10/2014 14:48

Dicas para um trabalho em equipe mais produtivo

Por Eduardo Ferraz (*)

A rotina, seja nas grandes ou pequenas empresas, propicia uma lógica de funcionamento que é fundamental para que as pessoas possam ter um bom planejamento de suas atividades. Entretanto, tudo o que é muito burocrático induz à zona de conforto e acaba gerando desmotivação. Uma pesquisa realizada pela consultoria BTA que ouviu 531 executivos no país, mostra que quase 80% dos empresários brasileiros dizem que seus funcionários não usam todo seu potencial no ambiente de trabalho. Segundo eles, esse comportamento acaba refletindo nos resultados da empresa.

O grande problema não está apenas na falta de motivação dos funcionários, pois os próprios executivos admitem que investem apenas 16% do tempo em gestão de pessoas e acabam tendo dificuldade de conhecer bem cada profissional, explorando pouco os diferentes talentos que cada um tem.
Para sair um pouco da rotina e ter um dia a dia de trabalho mais produtivo, sugiro ao líder as seguintes medidas:

1- Seja acessível –Esteja disponível sempre que possível para se relacionar com seus colaboradores. Tão importante quanto ouvir as pessoas, é dar retorno a respeito de suas sugestões e críticas. Isso demonstra deferência e respeito.

2- Seja flexível– Estimule sua equipe a criar alternativas aos procedimentos corriqueiros. Você pode, por exemplo, liberar as pessoas para fazer alguns trabalhos em casa um ou dois dias por mês ou ter um banco de horas.

3- Tenha momentos informais – Comemorar o aniversário das pessoas, fazer um happy hour, promover pequenos campeonatos esportivos, por exemplo, gera um espírito de camaradagem e reforça o trabalho de equipe. A maioria das pessoas trabalha mais disposta e motivada quando conhece o lado “humano” de seus colegas, chefes e subordinados.

4- Dê feedbacks assertivos – Ser franco é muito melhor do que ser complacente, pois dá às pessoas a percepção de que o clima é agradável, mas a indolência e os maus resultados não serão tolerados. Procure dar feedbacks com objetividade e clareza dizendo em que a pessoa pode melhorar e os caminhos que você sugere para que isso ocorra.

5- Premie o bom desempenho – Trabalhos ou desempenhos consistentemente acima da média devem ser reconhecidos e premiados. Valorize explicitamente os indivíduos mais dedicados e comprometidos com os resultados da empresa. No começo, isso pode gerar um pouco de competição, mas, com o passar do tempo, se os critérios forem justos, essa cultura tende a se espalhar pela empresa e contaminar positivamente o ambiente de trabalho.

(*) Eduardo Ferraz é consultor em Gestão de Pessoas há 25 anos e especialista em treinamentos usando como base a Neurociência comportamental. Acumula mais de 30.000 horas de experiência prática em empresas de vários segmentos. É pós-graduado em Direção de Empresas e autor dos livros “Por que a gente é do jeito que a gente é?”, “Vencer é ser você” e “Seja a pessoa certa no lugar certo”, pela Editora Gente. Para mais informações, acesse:www.eduardoferraz.com.br ; www.facebook.com/eduardoferrazconsultor

Tudo pelo cliente
Muitas pessoas me perguntam como é o meu dia a dia, como é administrar uma das marcas mais valiosas e admiradas do Brasil. Posso dizer, sem falsa mod...
OMC: a derrota anunciada
Não deixa de ser curioso que, num momento em que a Organização Mundial do Comércio (OMC), com sede em Genebra, é dirigida pelo diplomata brasileiro R...
Os cuidados que os varejistas devem ter com as novas leis trabalhistas
No próximo mês de novembro entrará em vigor as novas regras trabalhistas. Empresas e trabalhadores de diversos setores, entres eles o varejista, prec...
Em busca do círculo virtuoso
O Museu do Santander Cultural, em Porto Alegre, RS, foi fechado e a exposição em cartaz, denominada Queermuseu, foi cancelada domingo último (10/9). ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions