A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Novembro de 2017

08/08/2015 14:00

Inverno: um aliado para a perda de peso e medidas

Por Rosangela Nishijima (*)

Diferentemente do que se costuma imaginar, o inverno é a estação do ano mais propícia para a perda de peso e de medidas. Isso porque a aceleração metabólica do organismo provocada pelo clima mais frio facilita tanto a queima de caloriasquanto a definição muscular. No entanto, como não existem milagres na estética, nunca é demais advertir: o facilitador climático só ajudará de verdadeaquelas pessoas que adotarem uma postura disciplinada e responsável em relação ao seu objetivo.

Neste ponto, se o leitor ou leitora for um observador (a) atento certamente já estará se perguntando: se o inverno favorece a perda de peso, por que, então, as pessoas geralmente engordam nessa época do ano? A resposta é simples: porque o clima mais friozinho nos impulsiona – e na maioria das vezes nos convence – a adotar hábitos menos saudáveis em comparação aos períodos mais quentes.

Para ser breve, vou citar apenas duas das principais mudanças de hábito determinantes neste sentido. A primeiradelas é o ato de ficar mais tempo do que o normal debaixo das cobertase sem fazer nada (quem nunca?). E a segunda é a tendência natural de comermos mais pratos quentes e com mais caloriasdo que o normal.Comendo mais que o necessário e praticando menos atividades físicas, não poderíamos esperar outro resultado que não fosse o aumento das reservas de gordura em nosso corpo. Essas novas gordurinhas geralmente ficambem escondidas debaixo das roupas largas típicas do inverno e, quando percebemos, elas já se avolumaram além da conta...

Desta forma, não adianta esperar que o metabolismo faça algum “milagre”se não conseguimos resistir às tentações e armadilhas da estação fria. Por outro lado, se temos consciência dessa ‘fraqueza’ tão comum para a maioria das pessoas, podemos começar a pensar em estratégias para mudar nossos hábitos prejudiciais e usar o frio a nosso favor. Por exemplo, asimples conduta de manter no inverno os mesmos hábitos das estações mais quentes já seria suficiente para notarmos algumas diferenças no nosso corpo. Pode não ser tão fácil, mas valerá a pena.

No entanto, se quisermos realmente usar todo o potencial do invernopara reduzir medidas, é recomendado incluir outras ações no nosso cotidiano, entre as quais:aumentar a frequência de exercícios físicos bem orientados, seguir à risca uma boa dieta e beber bastante água. Seguindo com disciplina as dicas acima mencionadas, com certeza, qualquer tratamento estético que envolvaperda de peso e de medidas trará resultados muito mais surpreendentes.

Estaremos, desta forma, fazendo nossa parte enquanto o profissional de estética fará a dele. Para lhe ajudar na motivação, lembre-se que os ‘sacrifícios’ feitos no inverno serão recompensados com um belo corpinho no verão!

(*) Rosangela Nishijima é massagista, especialista em Shiatsu e técnica em estética

Carta aberta ao ministro Joaquim Barbosa
Em nome de milhões de brasileiros e brasileiras insisto na solicitação para que concorra à Presidência da República, em 2018. Precisamos de alguém co...
Qual é a diferença entre preço e valor?
Existe uma grande confusão entre os significados de valor e preço. São duas coisas completamente distintas no mundo das negociações. Quando se fala e...
"Bruxaria e Ciência"
Anteriormente ao período conhecido como Renascimento na Europa, particularmente antes das contribuições de pensadores como Copérnico (1473-1543), Gal...
O artista plástico Frans Krajcberg
O artista plástico Frans Krajcberg , falecido no Rio de Janeiro, em 15/11/2017, é uma perda para o mundo das artes visuais e para todos aqueles que d...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions