A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Agosto de 2019

12/07/2019 12:24

O projeto ‘Estudantes no Controle’

Por Iran Coelho das Neves (*)

Fruto de convênio celebrado há pouco entre o TCE (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) e a Controladoria Geral do Estado (CGE-MS), com a decisiva participação da Secretaria da Educação (SED-MS), o Projeto ‘Estudantes no Controle’, configura importante valorização do potencial da população escolar para conscientizar a sociedade sobre suas instituições, valores e direitos.

Com foco em alunos dos anos finais do Ensino Fundamental (6º ao 8º ano) e do Ensino Médio, além dos matriculados no EJA – Educação de Jovens e Adultos – e no Ensino Técnico, o Projeto consubstancia iniciativa pedagógica pioneira a ser inicialmente desenvolvida em trinta escolas estaduais de Campo Grande, Jaraguari e Terenos.

Desenvolver o senso comunitário e a responsabilidade coletiva no uso dos bens públicos, bem como incentivar o zelo para com o material e as instalações escolares, estão entre as abordagens permanentes do Projeto. Estender essas preocupações básicas para as demais questões sociais e humanas da comunidade é o objetivo do ‘Estudantes no Controle’.

Para tanto, o Projeto recorrerá a instrumentos pedagógicos como peças teatrais, auditorias cidadãs e debates sobre políticas públicas no ambiente escolar, com vistas a mobilizar professores e alunos para participação mais objetiva não só no cotidiano da escola, mas do meio socioeconômico e cultural onde ela se insere.

A motivação central do TCE-MS ao articular com organismos do Governo do Estado o Projeto ‘Estudantes no Controle’ decorre do empenho institucional da Corte de Contas para se aproximar cada vez mais do cidadão.

A nosso ver, o caminho mais eficaz para essa aproximação é exatamente através dos estudantes.

Ao utilizar instrumentos pedagógicos eficazes, além de temáticas atraentes e compatíveis com sua idade, para despertar nos estudantes, de forma progressiva e consistente, o senso de pertencimento, a noção de que podem contribuir para o debate das questões comunitárias, certamente estaremos lhes incutindo o gérmen da responsabilidade social que moldará o cidadão de amanhã.

Importante observar que a formação da cidadania fiscal a partir do altamente propício ambiente escolar, como contempla nosso Projeto, só se concretiza e frutifica como componente virtuoso de uma consciência social estruturada. É esse o escopo central do ‘Estudantes no Controle’.

Com essa iniciativa, prontamente encampada pela Controladoria-Geral do Estado e pela Secretaria de Estado da Educação, o TCE-MS avança no propósito de transcender suas atribuições formais como órgão de controle externo, assumindo responsabilidades condizentes com as demandas sociais contemporâneas.

*Iran Coelho das Neves é Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul.

Engenharia e inovação, por que o setor está estagnado?
Uma reflexão que merece ser realizada é sobre quais os motivos que levam o setor de Engenharia e Construção a ser tão conservador. Conceitos muito si...
LGPD: Seus dados, meus bens!
Quatorze de Agosto de 2020 é a data em que usuários e empresas de internet farão escolhas talvez sem volta. Entra em vigor a Lei 13.709/18. Lei essa ...
Empréstimo consignado para a casa própria dos servidores públicos
Por conta de todas dificuldades econômicas que enfrentamos, há uma necessidade premente de encontrarmos saídas, alternativas para enfrentar essas atu...
Pedagogia da Felicidade
Com manifestações expressivas nas universidades de Harvard e Yale, nos Estados Unidos, um fenômeno que tem chamado atenção de estudiosos e do público...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions