A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

13/10/2015 17:37

Segurança no varejo: tecnologia chega aos cofres

Por Marcos Guilherme D. Cunha (*)

As notícias sobre aumento na criminalidade não param de chegar. Os índices de ataques a caixas eletrônicos e outras formas de assalto ao comércio obrigam os varejistas a buscarem novas ferramentas para reforçarem sua segurança. Recentemente, a feira ExpoPostos e Conveniência 2015, realizada em São Paulo, apresentou diversas novidades nesse sentido. Lá foi possível verificar que a segurança é um dos pontos mais preocupantes para os varejistas e donos de postos de combustível.

O setor deles avançou, isso é fato. Basta olharmos os números. O nicho de conveniência cresceu em 2014, de acordo com o Sindicom - Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes. Em faturamento, as lojas também atingiram resultados bastante favoráveis, tendo crescido cerca de 22% em 2014. Com relação aos postos, o balanço da distribuição em 2014 também se manteve à frente do mercado e ultrapassou, pela primeira vez, a marca dos 100 bilhões de litros anuais, respondendo por 78,8% da oferta de combustíveis no país.

São números expressivos. Todo esse crescimento no setor traz também a maior preocupação com a segurança. E isso se justifica. Ano passado, em uma reportagem para uma emissora de televisão, o dono de um posto da Zona Sul de São Paulo afirmou que sofreu mais de mil assaltos. O caso não é isolado, basta assistir jornais diariamente para ver o crescimento desse tipo de crime.

Nesse sentido, uma das novidades é o cofre inteligente um dos equipamentos que pode diminuir essa preocupação dos empresários. Já bastante utilizado em outros países, o cofre inteligente é um equipamento eletrônico, blindado, moderno e de alta tecnologia, que foi desenvolvido para facilitar e aumentar o controle sobre o dinheiro em espécie que circula em cada estabelecimento. Com ele, o dono do posto tem a possibilidade de fazer o gerenciamento dos caixas e consultar relatórios de todas movimentações mensais e diárias acessando-as em tempo real, a qualquer momento e em qualquer lugar, pela internet.

Outra vantagem é que o cofre só é aberto por meio de fechadura eletrônica com senhas randômicas, ou seja, diferentes a cada abertura, o que resulta em muito mais segurança na hora da coleta do numerário. Todo o dinheiro que entra no cofre passa por uma leitura da cédula, que valida se ela é falsa ou verdadeira. Após depositado no cofre, o dinheiro estará totalmente seguro, isso porque a empresa oferece uma estratégia de locar o cofre já com seguro do valor ali depositado, caso seja de interesse do contratante.

Esse cofre deve vir acompanhado de outra solução: o transporte. Locomover esse dinheiro com segurança e promover soluções inteligentes vai garantir que o varejista pense apenas em realizar o seu serviço. Uma tranquilidade assim confere muito mais segurança para o estabelecimento que, poupa recursos financeiros e humanos com os cada vez mais recorrentes assaltos. Sem dúvida, uma tecnologia de ponta, em que vale a pena investir.

(*) Marcos Guilherme D. Cunha é diretor geral da Transvip Brasil.

Metamorfose ambulante
Os poetas, os compositores, os filósofos e os músicos têm a sensibilidade de conceber, criar, perceber e interpretar o inconsciente coletivo e, assim...
A globalização e os países
Os homens se apegam ao poder desde longa data. A nobreza tinha os direitos sobre a terra. Com a ascensão do dinheiro e crédito, o capitalismo alcanço...
A importância do advogado para as empresas diante da reforma trabalhista
Muitas foram as mudanças trazidas pela Lei n. 13.467/2017, a famigerada Reforma Trabalhista. Mais de 100 (cem) dispositivos legais contidos na CLT so...
A dedicação que fez a diferença
Em Botucatu-SP, a chegada em 1963 da antiga Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas (FCMBB) se fez pela dedicação de muitos. Seu estabelecimento c...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions