A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Junho de 2018

09/07/2014 08:33

Tempo e mudanças

Por Rosineia Oliveira dos Santos (*)

Quase toda mudança é evolucionária e não revolucionária. As coisas simplesmente levam tempo-quase sempre mais tempo do que imaginamos. Com o tempo se consegue resultados promissores. Somente com o tempo, se poderá alcançar o sucesso desejado. Os tempos de mudança são tempos de oportunidade.

Em um mundo dominado pela mídia e as tecnologias, a grande sensação que fica é de mudança, quaisquer que sejam as informações que estejam assolando sua mente, faça a diferenciação entre modificação real e aparente. Mudanças básicas e modismos podem interferir no comportamento, mas, lembre-se de que, na história do mundo, a maioria das coisas permanece constante.

Segundo Heidegger “esforçar-nos por compreender o ser temporalmente, assim como nossa própria vida só pode ser plenamente entendida no horizonte do tempo”. Somos tempo e somos história. Em suma: somos um projeto que somente pode ser compreendido de modo pleno no horizonte da interpretação que nos é oferecido pelo tempo.
Não subestime as pessoas. As coisas pelas quais esperamos são as que demoram mais para acontecer; as expectativas sempre viajam em velocidades mais altas.

Quando as relações entre pessoas e coisas estão se transformando, novas justaposições criam necessidades e desejos, oferecendo outras possibilidades. Fique de olho nas pessoas que agarram essas chances e fazem algo com elas.
Cuidado! só acrescente se puder subtrair.

Cada pedra lançada na água gera ondulações, cada tecnologia nova traz consequências que raramente são exploradas. Sempre que uma delas for lançada, adote como regra perguntar: o que será acentuado? O que será diminuído? O que será substituído? Que oportunidades ela oferece?

Não se obtêm resultados resolvendo problemas, mas explorando oportunidades.

A isso eu acrescentaria um aforismo de LaoTsé: “Para adquirir conhecimentos, inclua coisas todos os dias. Para ganhar sabedoria, descarte coisas todos os dias”.

Pensem!

(*) Rosineia Oliveira dos Santos, Professora no complexo de ensino Andreucci, Especialista em Psicologia Organizacional e-mail: olisanta@gmail.com

A liberdade está sob ameaça dos insensatos
A contundente e oportuna defesa da liberdade de imprensa feita, em seminário recente, pela Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministra Cármen Lú...
Importa que a coisa ande
Independente do resultado de sua votação em plenário, o Projeto de Lei 3200 (sobre o registro de defensivos agrícolas) deu um passo importantíssimo c...
A Rússia que você não vai ver na Copa
‘Sob nuvens elétricas’ é um filme que, ambientado em 2017, um século após a Revolução Bolchevique, mostra uma Rússia que não aparecerá na Copa do Mun...
Analgésico esférico
A história se repete. Nesta semana de abertura da Copa os olhos mundiais se voltam para a Rússia, um país que esconde enorme população vivendo abaixo...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions