ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 26º

Cidades

Após alerta, Butantan começa a desenvolver vacina contra gripe aviária

Estudo está na fase de testes em laboratório, informou a responsável por nota

Gustavo Bonotto, com Agência Brasil | 22/05/2023 23:57
Fachada do Instituto Butantan, em São Paulo (SP). (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Fachada do Instituto Butantan, em São Paulo (SP). (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

O Instituto Butantan começou a desenvolver uma vacina contra a gripe aviária. Os testes estão sendo realizados com cepas vacinais que foram cedidas pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e o primeiro lote já está pronto para o início dos testes pré-clínicos, ou seja, testes em laboratório.

O Butantan informou que a vacina começou a ser desenvolvida devido à preocupação de que ela possa se tornar uma nova pandemia.

“A gripe aviária tem o potencial de causar nova pandemia, daí a mobilização da instituição, que se iniciou em janeiro deste ano”, disse o instituto, em nota.

Mais cedo, o Campo Grande News noticiou que o Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária) declarou emergência zoosanitária em todo o território nacional devido à detecção de vírus da gripe aviária H5N1 em aves silvestres.

O país detectou até agora cinco casos do subtipo H5N1 nas aves. Foram quatro registros no Estado do Espírito Santo e um no Rio de Janeiro.

Vale destacar que a doença não é transmitida para humanos por meio do consumo da carne ou ovos. Os humanos podem se infectar tendo contato direto com a ave infectada viva ou morta.

Em humanos, a gripe aviária pode ser grave, com alta taxa de mortalidade. Ainda segundo o Ministério da Saúde, a transmissão de pessoa para pessoa não é sustentada, ou seja, por enquanto, o vírus não se espalha facilmente de pessoa para pessoa.

Nos siga no Google Notícias