ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 16º

Cidades

Após ataque hacker, MS está há 7 dias sem atualizações sobre casos da pandemia

Ministério da Saúde sofreu invasão digital e sistemas foram suspensos; casos de covid e gripe estão incertos

Por Guilherme Correia | 17/12/2021 11:45
Homem recebe orientação na fila para ser vacinado em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)
Homem recebe orientação na fila para ser vacinado em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)

Uma invasão hacker a sistemas do Ministério da Saúde fez o acesso a informações epidemiológicas ficar suspenso em todo o Brasil, e Mato Grosso do Sul segue sem atualizações de dados sobre casos e mortes por covid-19 e do vírus influenza, há uma semana.

Desta forma, as secretarias municipais não conseguem registrar informações - oficialmente, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) publicaria boletins referentes a segunda, quarta e sexta-feira. Além disso, a transmissão on-line de divulgação e orientações não foi realizada nesta sexta-feira (17).

Ainda que a vacinação tenha reduzido expressivamente os casos graves de coronavírus, o período pandêmico vinha registrando média de pelo menos uma morte por dia no Estado. Recentemente, surgiu a preocupação quanto a casos de influenza (gripe), que têm afetado várias cidades do País.

Procurada em relação a subnotificação de casos gripais, a SES informou que as cidades têm registrado notificações de forma manual, até a que operacionalização dos sistemas do Ministério da Saúde retorne e possam ser lançadas as notificações de forma retroativa.

Nos siga no Google Notícias