A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Agosto de 2019

04/04/2019 19:50

Após morte de ciclista, grupo protesta por mais segurança no trânsito

Bicicletada ocorre para prestar condolências a adolescente que morreu nesta quinta-feira

Alana Portela
Bicicletada aconteceu na Avenida Afonso Pena da Capital (Foto: Paulo Francis)Bicicletada aconteceu na Avenida Afonso Pena da Capital (Foto: Paulo Francis)

Como forma de proposto pela falta de segurança no trânsito e também em homenagem a adolescente Gabrielly dos Santos Domingues, 14, que morreu atropelada por um caminhão nesta quinta-feira (4), no Portal Caiobá de Campo Grande, um grupo de moradores realiza uma bicicletada na Avenida Afonso Pena. De acordo com um dos organizadores, Pedro Dias falta educação e sinalização no trânsito da Capital.

“Assisti o vídeo do acidente, o caminhão estava muito rápido para fazer a curva. Será que não viu a ciclista? Não prestou atenção nisso? É falta de atenção, é imprudência. Muitos condutores são assim. Além disso, falta sinalização”, destacou Dias que faz parte do grupo Bicicletada Massa Crítica Campo Grande organizadora do evento.

A equipe quer homenagear a adolescente, que estava em uma bicicleta no momento do acidente. “É uma forma de mostrar as nossas condolências e indignação pelo ocorrido”, afirmou o rapaz.

O ciclista, Pedro Dias participou da bicicletada e contou que quase foi atropelado enquanto pedalava na Capital (Foto: Paulo Francis)O ciclista, Pedro Dias participou da bicicletada e contou que quase foi atropelado enquanto pedalava na Capital (Foto: Paulo Francis)

Dias relata um fato que aconteceu ontem (3), com ele enquanto pedalava na ciclovia. “Estava na Avenida Afonso Pena, na esquina da Vale ia atravessar a rua na faixa, contudo um motorista olhou apenas em outra direção e continuou dirigindo. Cai na pista porque freie bruscamente, pois se não fizesse isso passaria por cima de mim”, contou.

Para o ciclista, o problema de falta educação e segurança no trânsito de Campo Grande não é novidade e precisa de atenção. “O movimento quer mostrar que a bicicleta também faz parte do trânsito. Toda última sexta-feira do mês realizamos a bicicletada e isso acontece há dois anos. Especialmente hoje, a pedalada foi organizada de última hora para prestar as nossas condolências. Participam dez pessoas”, disse.

Acidentes – O problema entre ciclistas e condutores, e principalmente a falta de atenção no trânsito já deixou seis mortes em Mato Grosso do Sul, somente neste ano de 2019. No mês de fevereiro, na Capital, um homem que pedalava em sua bicicleta morreu após se envolver em um acidente com uma motocicleta. A batida aconteceu no cruzamento das Ruas Lino Villacha e Urariocara, no bairro Nova Lima.

Hoje, o fato ocorreu no bairro Portal Caiobá, quando Gabriele saiu de casa em uma bicicleta para comprar uma cartolina para o trabalho de escola e foi atropelada por um motorista de caminhão que não percebeu a adolescente ao virar a rua.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions