ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 10º

Cidades

Câmeras devem fazer parte do uniforme da PRF, mas em MS só a partir de 2026

Atualmente, policiais de cinco estados já usam o acessório durante a rotina de trabalho

Por Geniffer Valeriano | 17/06/2024 14:35

Ainda em período de testes, câmeras corporais devem começar a fazer parte do uniforme dos policiais de Mato Grosso do Sul a partir de 2026, prevê PRF (Polícia Rodoviária Federal). Atualmente, policiais de cinco estados já usam o equipamento durante a rotina de trabalho.

Conforme divulgado, participam da fase de testes cinco modelos diferentes do equipamento. Após finalizada esta etapa, que deve ocorrer em agosto, a PRF lançará o edital que irá escolher a opção vencedora.

Os testes estão sendo realizados desde o dia 9 de maio, nas cidades de São José (SC), Uberlândia (MG), Cascavel (PR), Sorriso (MT) e Araguaína (TO). Os locais foram escolhidos a partir dos critérios de densidade demográfica, localização, aspectos climáticos, entre outros.

Após finalizar os testes, será aberta licitação, que deve acontecer ainda este ano. A implantação do equipamento serpa iniciada no ano que vem. "Superados 90 dias de testes iniciais com a empresa vencedora, será dado início à implantação nacional de forma gradativa, à razão de três estados por mês. A implantação no Mato Grosso do Sul deve ocorrer em 2026", informa a PRF.

Modelo de câmera que está sendo testada pela PRF (Foto: Divulgação)
Modelo de câmera que está sendo testada pela PRF (Foto: Divulgação)

Aguardando -  Enquanto a Polícia Rodoviária realiza os testes dos para escolher o equipamento a ser usado pelos agentes federais, o Governo do Estado diz que só irá aderir às câmeras após avaliar a experiência da PF e PRF.

“Aguardamos a implementação na PF e PRF para avaliar os resultados e o custo do investimento na solução. O que for ocorrer, não pode gerar prejuízos nos planos de ação e projetos em curso. Eventual emprego somente após a avaliação dos resultados do uso pelas forças federais de segurança”, informou a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) em maio, quando foi questionado pelo Campo Grande News.

Opcional -  A Portaria 648/2024 do Ministério da Justiça e Segurança Pública “estabelece diretrizes sobre o uso de câmeras corporais pelos órgãos de segurança pública”. Inclusive, a portaria tem previsão de recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública e do Fundo Penitenciário Nacional.

Segundo a nova diretriz, os dispositivos deverão ser utilizados pelos integrantes da Polícia Federal; Polícia Rodoviária Federal; Polícia Penal Federal; Polícias Militares; Corpos de Bombeiros Militares; Polícias Civis; Polícias; peritos e guardas Municipais.

Além disso, os agentes mobilizados pela Força Nacional de Segurança Pública e da Força Penal Nacional também deverão utilizar os equipamentos. Contudo, a portaria determina que os Estados têm autonomia para aderir ou não à norma.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.


Nos siga no Google Notícias