ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  01    CAMPO GRANDE 30º

Cidades

Com baixa procura, vacinação contra polio seguirá até zerar estoques

Estado atingiu 47,5% do público-alvo das 160.410 doses previstas. Em Campo Grande o índice é de 33,2%

Por Gabriel Neris | 30/10/2020 11:49
Menina toma vacina contra polio em Campo Grande (Foto: Sesau/Divulgação)
Menina toma vacina contra polio em Campo Grande (Foto: Sesau/Divulgação)

Mato Grosso do Sul segue com baixo índice de doses aplicadas em crianças de zero a menores de cinco anos de idade contra a poliomielite. Assim, a campanha continuará até que os municípios zerem os estoques.

O Estado atingiu 47,5% do público-alvo das 160.410 doses previstas. Em Campo Grande o índice é de 33,2%. Foram 21.366 doses aplicadas, segundo o SIPNI (Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações) do Ministério da Saúde.

Para aumentar os índices, em Campo Grande haverá dois postos de vacinação no fim de semana. No Shopping Bosque dos Ipês, haverá atendimento sábado e domingo das 11h às 20h. No Pátio Central Shopping a vacinação será no sábado entre 8h e 17h.

A partir de terça-feira a vacinação continuará nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) e UBSF (Unidades Básicas de Saúde da Família) do município.

A Secretaria Estadual de Saúde informou que a campanha não será prorrogada. “Os municípios que ainda têm doses da vacina podem continuar a vacinação. Isso fica a cargo de cada município. Não serão enviadas novas doses da vacina pelo Ministério da Saúde”, apontou.

Simultaneamente está ocorrendo a Campanha de Multivacinação. Para as crianças há vacinas para BCG, hepatite B, poliomielite, rotavírus humano, pentavalente, pneumocócica, meningocócica, febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola e varicela, hepatite A, difteria tétano, papilomavírus humano, entre outras.

Para adolescentes há disponíveis para hepatite B, difteria, tétano, febre amarela, sarampo, caxumba e rubéola, papilomavírus humano, meningocócica, e pneumocócica 23-valente, indicada para indígenas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário