A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 13 de Outubro de 2019

31/03/2019 17:30

Com música e fogos de artifício, grupo celebra 55 anos do golpe militar

O grupo escolheu celebrar o 31 de março em frente ao MPF, órgão que havia recomendado que a data não fosse comemorada

Silvia Frias e Liniker Ribeiro
Grupo reunido em frente ao MPF celebrava o golpe militar (Foto: Paulo Francis)Grupo reunido em frente ao MPF celebrava o golpe militar (Foto: Paulo Francis)

Com faixas, cartazes e fogos de artifício, pelo menos 30 pessoas comemoram os 55 anos do golpe militar de 1964. O grupo escolheu celebrar o 31 de março em frente ao MPF (Ministério Público Federal), órgão que havia recomendado que a data não fosse comemorada.

Sirlei Ratier, uma das organizadoras disse que a data sempre é celebrada e o grupo já ficou em frente ao Círculo Militar, mas, desta vez, escolheu fazer a comemoração em frente ao MPF. “Não foi para criar um confronto, o povo já sabe, é fácil de memorizar, somos conhecidos por ficar aqui”, disse.

Nas faixas, aparecem os dizeres “obrigado militares por impedirem que o Brasil se tornasse uma Cuba!” e “obrigado Senhor pelos militares”. Com bandeiras, acenam para os motoristas que passam pela via. Um carro de som foi estacionado com músicas alusivas ao país.

Fabrícia Salles, do Movimento Fora Corruptos, disse que não se está celebrando a “ditadura”. Para ela, foi um momento importante da história do País que não teria sido contado de forma correta. “O povo foi ouvido, as pessoas foram às ruas pedindo que o país escapasse do que aconteceu em Cuba”.

Sirlei Ratier diz que escolha do local não foi para criar confronto (Foto: Paulo Francis)Sirlei Ratier diz que escolha do local não foi para criar confronto (Foto: Paulo Francis)
Faixas foram posicionadas no canteiro da avenida (Foto: Paulo Francis)Faixas foram posicionadas no canteiro da avenida (Foto: Paulo Francis)


Exceto aqueles dois senhores da foto, que por certo devem sofrer de demência e/ou alzheimer, o restante é tudo da década 80/90, o que eles fazem ali?
 
TIJUANO em 01/04/2019 10:17:35
A pior desgraça da pessoa é a ignorância.
 
Critico em 01/04/2019 07:30:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions