ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 15º

Cidades

Comércio pode ter funcionários, mas de portas fechadas para serviço delivery

Por Paula Maciulevicius Brasil | 10/06/2021 11:13
Loja funcionando com porta meia aberta em março (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)
Loja funcionando com porta meia aberta em março (Foto: Henrique Kawaminami/Arquivo)

Em bandeira cinza, conforme nova classificação do Prosseguir, os comércios não-essenciais de Campo Grande vão poder receber funcionários, mas apenas de portas fechadas, para entregas em sistema delivery.

Os comerciantes da Capital já passaram por situação semelhante durante o mês de março, quando os números da pandemia se agravaram no Estado.

A partir de amanhã (11), até dia 24 de junho, se a loja for de vestuário, por exemplo, não pode abrir para o público, mas os colaboradores devem trabalhar normalmente porque o decreto permite funcionamento em delivery.

Campo Grande amanheceu na bandeira cinza e sobre os comerciantes ainda pairam muitas dúvidas. Os shoppings da Capital ainda não se manifestaram quanto ao funcionamento oficialmente.

O que pode funcionar? - A bandeira cinza do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia), que nesta última edição tinge 43 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, incluindo Campo Grande, permite o funcionamento de 51 atividades no período de amanhã (dia 11) a 24 de junho. Já os shoppings, salões de beleza, lojas de roupas, buffets, bares e restaurantes têm de fechar.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário