ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 24º

Cidades

De 11 radares em rodovia, 9 foram destruídos em 1 mês

Suspeita é que caminhoneiros derrubaram equipamentos na MS-040 revoltados com quantidade

Jhefferson Gamarra | 06/09/2023 14:58
Radar instalado em agosto foi derrubado e queimado (Foto: Direto das Ruas)
Radar instalado em agosto foi derrubado e queimado (Foto: Direto das Ruas)

Nove dos onze controladores de velocidade instalados na rodovia MS-040, entre Campo Grande e Santa Rita do Pardo, para diminuir a mortalidade de animais silvestres, foram derrubados e incendiados antes mesmo de entrar em operação definitiva. Os equipamentos haviam sido implantados em agosto.

De acordo com o Detran (Departamento de Trânsito de Mato Grosso do Sul), os controladores de velocidade que fazem parte do programa Estrada Viva, projeto que propõe medidas para reduzir colisões veiculares envolvendo animais silvestres, ainda não estavam em funcionamento.

“Antes dos episódios de vandalismo, os dispositivos passaram por aferição e o próximo passo seria a ativação dos mesmos para funcionamento em caráter educativo”, informou o órgão.

Funcionários da empresa recolhendo os equipamentos danificados (Foto: Direto das Ruas)
Funcionários da empresa recolhendo os equipamentos danificados (Foto: Direto das Ruas)

Ainda de acordo com o Departamento de Trânsito, a empresa responsável pela instalação dos equipamentos dará todo o suporte para reposição assim que houver um plano de ação que iniba novos atos de depredação. Os dois equipamentos que “sobreviveram” aos vândalos foram retirados para que não tivessem o mesmo destino.

A empresa Meng Engenharia, responsável pela instalação desses radares, possui um contrato global no valor de R$ 8,3 milhões com o Detran-MS para atender diversos municípios e rodovias do Estado com instalação e manutenção de equipamentos eletrônicos de fiscalização. No caso em específico da MS-040, a empresa foi procurada pela reportagem, mas até a publicação da matéria não soube estimar o tamanho do prejuízo.

A principal suspeita é de que caminhoneiros e demais motoristas que trafegam com frequência pela rodovia que liga Mato Grosso do Sul a São Paulo, insatisfeitos com a instalação dos controladores de velocidade, tenham derrubado os radares á noite.

A empresa terceirizada responsável pela instalação registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil, que investiga o crime.

Equipamento derrubado próximo ao km-57 da rodovia (Foto: Direto das Ruas)
Equipamento derrubado próximo ao km-57 da rodovia (Foto: Direto das Ruas)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias