A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Março de 2019

14/03/2019 09:18

Dengue já matou 3 e notifica 11,1 mil novos casos; 632% a mais que em 2018

Reportagem comparou os três primeiros meses de 2019 e 2018, quando apenas 1519 casos haviam sido informados

Danielle Valentim
Mutirão no Centro Oeste. (Foto: Mirian Machado)Mutirão no Centro Oeste. (Foto: Mirian Machado)

De janeiro até ontem (13), a SES (Secretaria Estadual de Saúde) notificou 11.130 casos de dengue em Mato Grosso do Sul. O número é 632,2% maior que os primeiros três meses de 2018, quando apenas 1519 casos tinham sido notificados. A comparação foi feita a partir de dados dos boletins epidemiológicos divulgados semanalmente.

Além da grandeza dos casos notificados, os 11.130 já batem todo o ano de 2018, quando 10.727 casos foram notificados.

Ainda conforme o boletim, como a cidade enfrenta alta circulação do vírus – epidemia – a Saúde usa o critério clínico e ambulatorial. No entanto, todos os pacientes passam por exames do Lacen (Laboratório Central, que indica 640 casos confirmados por mostras sanguíneas e 3669 com critério clínico, um total de 4309.

O documento aponta 74 casos de isolamentos, sendo 44em Campo Grande, 15 em Água Clara, seis em Selvíria, oito em Sidrolândia e um em Três Lagoas.

Até agora três pessoas morreram em decorrência da doença. Um idoso de 72 anos morreu no dia 27 de janeiro em Campo Grande. Entre comorbidades, a vítima tinha hipertensão. As outras duas mortes ocorreram em Três Lagoas, uma mulher de 56 anos, no dia 10 de fevereiro, e uma idosa de 76 anos, no dia 13 de fevereiro. A primeira tinha um transplante renal e a segunda enfrentava hipertensão, doença cardiovascular crônica e diabetes.

Casos nos três primeiros meses de 2018.Casos nos três primeiros meses de 2018.
Casos nos três primeiros meses de 2019.Casos nos três primeiros meses de 2019.
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions