ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 15º

Cidades

Dez são investigados por “fura-fila” da vacina

Quem atravessar ordem prevista pelo poder público pode responder na esfera civil e criminal

Gabriel Neris | 01/02/2021 11:29
Doses de vacina distribuídas para o interior do Estado (Foto: Marcos Maluf)
Doses de vacina distribuídas para o interior do Estado (Foto: Marcos Maluf)

O Ministério Público Estadual já está investigando dez denúncias de “fura-fila” da vacinação contra a covid-19 só aqui em Campo Grande.

O órgão não dá detalhes sobre a investigação como nomes ou locais de trabalho, mas lembra que a denúncia pode ser feita pela internet (clique aqui) ou pelo telefone 127.

A promotora de Justiça da Saúde, Filomena Aparecida Fluminhan, afirma que é necessário respeitar os grupos prioritários e que as denúncias podem ser feitas mesmo de forma anônima.

“Precisamos concentrar as investigações em denúncias pertinentes para otimizar o trabalho de investigação”, afirma.

De acordo com o Ministério Público, quem furar a fila da vacinação pode responder na esfera civil e criminal. Se for servidor público também pode responder por improbidade administrativa, podendo perde o cargo e pagamento de multa de até 100 vezes o valor do salário, além de responder por corrupção passiva, crime de concussão, entre outros.

(Arte: Thiago Mendes)
(Arte: Thiago Mendes)


Nos siga no Google Notícias