ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

Estado já recebeu 23 mil itens doados, de máscaras a fraldas; veja como ajudar

Governo afirma que pedido de doações é para previnir falta de materiais durante enfrentamento ao novo coronavírus

Por Lucia Morel | 26/03/2020 08:08
Envase das garrafas de álcool 70% estão sendo feitas pela indútrias de bebidas Bamboa. (Foto: Assessoria)
Envase das garrafas de álcool 70% estão sendo feitas pela indútrias de bebidas Bamboa. (Foto: Assessoria)


Mais de 23 mil itens já foram doados por empresas e população em geral ao governo do Estado na tentativa de conter o avanço do novo coronavírus em Mato Grosso do Sul. Com iniciativa do Comitê Operativo de Emergência do Hospital Regional Rosa Pedrossian, além de álcool, já foram doados máscaras, luvas e fraldas.

Em apenas dois dias, 23 e 24 de março, foram contabilizadas 2,2 mil máscaras, desde as comuns às mais específicas, além de 16,9 mil pares de luvas P, M e G, sendo de látex, vinil, entre outros materiais; 1,7 mil fraldas geriátricas, do P ao EG; mil fraldas infantis e cerca de 1,2 mil unidades de toucas doadas. Entram nessa lista os 200 mil litros de álcool da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul).

Como parceira, a empresa Bamboa, se voluntariou para envasar os litros de álcool doados pela associação.

O governo do Estado também recebeu metros de tecido TNT, óculos de segurança, entre outros itens, mas em menor quantidade.

Doações estão sendo recebidas nos quartéis do Corpo de Bombeiros. (Foto: Assessoria)
Doações estão sendo recebidas nos quartéis do Corpo de Bombeiros. (Foto: Assessoria)

Segundo a assessoria de imprensa da SES (Secretaria de Estado de Saúde), o pedido de doação é uma medida preventiva, e reitera não haver falta de EPIs (Equipamentos de Proteção de Individual) para os profissionais de saúde que atuam no HR, hospital referência para atendimento ao novo coronavírus em Campo Grande.

“A unidade hospitalar, responsável pelo atendimento e controle de casos de coronavírus, possui estoque suficiente de EPIs, o que inclui máscaras n95, máscaras cirúrgicas, óculos, luvas, jalecos, entre outros”, sustenta a pasta.

O pedido de doações seria, então, “uma alternativa diante da restrição mundial de oferta desses produtos, já como consequência da própria expansão da Covid-19”.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Quem quiser e puder ajudar, deve procurar qualquer quartel do Corpo de Bombeiros e fazer a doação. Entre os produtos solicitados estão máscaras N95; luvas de procedimento; touca descartável; aviamentos (linha, punho para avental, elástico tipo cordão de 205 mm); tecidos (TNT gramatura 80, tricoline, napa); arame de amarração (gravatinha) e fraldas para adulto (todos os tamanhos).