ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 29º

Cidades

Estado registra 44 casos confirmados de coronavírus, só sete acima dos 60 anos

Secretária-adjunta de Saúde chamou atenção para infecção de jovens adultos, fora do grupo de risco

Por Silvia Frias | 30/03/2020 16:47
Passageira de aeroporto passa por medição de temperatura, mais uma ação para barrar a Covid-19 em MS (Foto: Marcos Maluf)
Passageira de aeroporto passa por medição de temperatura, mais uma ação para barrar a Covid-19 em MS (Foto: Marcos Maluf)

Mato Grosso do Sul têm 44 casos confirmados para infecção pelo novo coronavírus (Covid-19), segundo boletim divulgado há pouco pelo governo. A maioria dos casos concentra-se em adultos em faixa etária jovem, entre 29 a 49 anos,  segundo a secretária adjunta, Crhistine Cavalheiro, alertando para a curva ascendente de casos.

O boletim indica mais oito casos em relação aos números divulgado ontem à tarde. Os novos registros são de quatro homens (com idades de 39, 47, 64 e 71) e quatro mulheres (23, 22, 30 e 62). Até agora, todos as infecções registradas foram rastreadas e, nestas últimas confirmações, são de pessoas que tiveram contato com casos confirmados já conhecidos no boletim ou de contágio em São Paulo e Rio de Janeiro.

Dos novos casos, as duas mulheres de 47 e 71 anos estão internadas, totalizando sete internações em hospitais de MS. Há ainda 17 pessoas em isolamento domiciliar e, o restante, saiu da quarentena sem apresentar sintomas.

Crhistinne Cavalheiro chamou atenção para a faixa etária dos infectados em Mato Grosso Sul, ainda, predominantemente de pessoas abaixo dos 60 anos. Dos 44 casos confirmados, apenas sete casos são de pacientes deste grupo de risco, com idade entre 62 e 71 anos.

Do restante, 13 pessoas tem idade entre 30 a 39 anos, nove de 42 a 49 anos, oito de 22 a 29 anos; o restante nas outras faixas, de 13 a 19 e nos 50 anos, além de bebê de 3 meses.

Conforme o boletim, o Estado teve 524 notificações, sendo que 51 ainda estão em investigação, no aguardo de confirmação laboratorial. Os confirmados representam 44, ou seja, 8,4%, com descarte para 418 e 11 excluídos. Não há óbitos registrados.

Em publicação na rede social, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) atualizou o boletim: 36 casos confirmados, sete a mais do que o boletim de ontem e nenhum óbito. Como a Secretaria Estadual de Saúde não divulgou por cidade, ainda não há informação se os registros da capital já foram atualizados nos dados estaduais.