ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 18º

Cidades

Governo investe mais de R$ 1,3 bilhão em obras e ações para Capital

Parceria com o município segue em diferentes setores, como infraestrutura, saúde e segurança

Por Leonardo Rocha | 24/08/2020 12:45
Imagem da área central de Campo Grande (Foto: Edemir Rodrigues - GovernoMS)
Imagem da área central de Campo Grande (Foto: Edemir Rodrigues - GovernoMS)

O governo estadual investiu mais de R$ 1,3 bilhão em obras e serviços direcionados para Campo Grande, nos últimos seis anos. Estas ações foram realizadas em parceria com a prefeitura municipal, em diferentes setores, como infraestrutura, habitação, saúde e segurança.

“O nosso governo soube construir condições para levar investimentos a todo o Estado, mesmo em situações extremas, como essa pandemia. Em Campo Grande não foi diferente”, destacou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Na área de infraestrutura, houve a contribuição para pavimentação e drenagem de vias públicas da cidade, entre elas a Avenida Euler de Azevedo, que teve um reordenamento do trânsito, em obra de R$ 17,5 milhões. Ainda participou da rotatória da Avenida Mato Grosso, no cruzamento com a Via Parque.

O governo deu sua parcela na revitalização da Rua 14 de Julho, assim como na obra de contenção de enchentes na Avenida Ernesto Geisel, em convênio com a prefeitura. Para as vias públicas, os investimentos estaduais chegaram a R$ 207 milhões, tendo entre as ações a pavimentação e drenagem no Bairro Aero Rancho.

Avenida Mato Grosso, em Campo Grande, vai passar por revitalização (Foto: Divulgação - Governo MS)
Avenida Mato Grosso, em Campo Grande, vai passar por revitalização (Foto: Divulgação - Governo MS)

Andamento -  Entre os projetos em andamento, está a recuperação do asfalto da Avenida Mato Grosso, com custo de R$ 4,5 milhões. Após fase de licitação e segue para o começo das atividades, que serão feitas entre as Avenidas Ceará e Calógeras.

Ainda tem a revitalização da Avenida Bandeiras, que terá um repasse estadual de R$ 34,9 milhões, assim como a implantação do novo acesso à região das Moreninhas. Também terá investimento em polos econômicos, como Indubrasil e Miguel Letteriello, que fica na região norte.

Após impasse judicial, o governo destravou a obra do Aquário do Pantanal, com o lançamento de várias licitações em diferentes frentes, para que o projeto de mais de R$ 200 milhões saia do papel e se torne realidade na Capital.

Hospital do Trauma, em Campo Grande (Foto: Edemir Rodrigues - Governo MS)
Hospital do Trauma, em Campo Grande (Foto: Edemir Rodrigues - Governo MS)

Outros setores – Alguns setores estratégicos também tiveram ajuda e aporte financeiro do Estado, entre eles a área de habitação, onde foram entregues cinco mil unidades na Capital.

Para o esporte, a reforma do Ginásio Guanandizão é um dos destaques, já que irá colocar a cidade de novo no circuito nacional de grandes eventos, como o voleibol. Na saúde pública teve a parceria com o município e União para viabilizar o Hospital do Trauma.

Já na área de segurança, os investimentos foram em equipamentos, viaturas e estruturas. “Hoje nossa Capital tem os menores índices de criminalidade, conforme o Atlas da Violência. São conquistas para a população que se consolidam com parcerias de resultado, com muita responsabilidade, sem olhar cor partidária”, descreveu o governador.

Nos siga no Google Notícias