ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

Governo investe R$ 15 milhões para pavimentação de ruas em duas cidades

Recursos serão utilizados para pavimentação, drenagem de águas pluviais, recapeamento e restauração das ruas

Por Ana Paula Chuva | 23/05/2022 12:25
Vista aérea da área urbana de Anastácio. (Foto: Chico Ribeiro | Governo de MS)
Vista aérea da área urbana de Anastácio. (Foto: Chico Ribeiro | Governo de MS)

Para melhorar a qualidade de vida dos moradores da região urbana de Aquidauana e Anastácio, a 141 km e 122 km de Campo Grande, respectivamente, o Governo do Estado repassou R$ 15 milhões para obras de pavimentação e restauração de diversas ruas das duas cidades. Os recursos são próprios do Estado e o repasse foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (23).

Para Aquidauana, foram destinados R$ 8.325.884,34. Os recursos serão utilizados para pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais na Rua Antônio Campelo e o recapeamento das ruas Francisco Pereira Alves, Estevão Alves Corrêa, Duque de Caxias, Pandiá Calógeras, Doutor Sabino do Patrocínio e parte da Antônio Campelo.

Já para Anastácio, o investimento é de R$ 6.864.045,90, que serão utilizados para pavimentação da Rua Acôgo e na restauração das ruas Augusto Peres Anderson, Benício Mendes, Azis Scaff, São Paulo, Aguaí, Coronel Ponce, 8 de Maio, Dona Joaninha, Geovanni Toscano de Brito, João Tedoreto da Costa e das avenidas JK, Integração e Antônio Cabral.

De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura, Renato Marcílio, o investimento mostra a preocupação do governo em atender as demandas dos municípios. “Tudo o que foi firmado com os municípios estamos atendendo, seguindo o municipalismo do nosso governador Reinaldo Azambuja e atendendo as necessidades das prefeituras, o que reflete na qualidade de vida da população. Assim continuaremos trabalhando”, diz.

Ainda conforme a publicação do Diário Oficial, em Aquidauana, as obras devem ser concluídas em até 180 dias após a ordem de serviço e em Anastácio, o prazo é de 360 dias, também a partir da ordem de serviço.

Nos siga no Google Notícias