ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 

Cidades

Hospitais privados concentram internações de pacientes com coronavírus em MS

Há 60 casos de Covid-19 e desse total, 13 pessoas estão internadas, apenas 1 em hospital público

Por Izabela Sanchez | 03/04/2020 12:33
Novo Hospital da Unimed foi inaugurado em 2017 (Foto: Unimed/Divulgação)
Novo Hospital da Unimed foi inaugurado em 2017 (Foto: Unimed/Divulgação)

A curva do contágio de coronavírus e infecção de Covid-19 em Mato Grosso do Sul atingiu 60 casos nesta sexta-feira (3), segundo último boletim divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde). Desse total, 13 pessoas estão internadas em hospitais e a maioria, em hospitais particulares.

Só no hospital da Unimed em Campo Grande, há 6 pessoas internadas e 4 delas já estão na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) com uso de ventilação mecânica. Há, ainda, 3 casos que permanecem em investigação dentro do hospital. Os outros dois pacientes com quadro clínico de Covid-19 estão estabilizados e em tratamento clínico.

Chama a atenção, também, a idade dos pacientes internados com a infecção na Unimed. Conforme a assessoria de imprensa do hospital, entre os 6 casos há desde paciente com 34 anos até 74.

Desde o início, o contágio tem atingido classes mais abastadas e há pacientes que deixaram outros hospitais de Campo Grande, a exemplo do Procon, e foram levados para São Paulo. Conforme mostrou o Campo Grande News, só com a transferência por UTI Aérea o valor pago é de até R$ 37 mil.

No interior – Entre os casos de pessoas internadas em hospitais privados há, ainda, dois pacientes no interior de Mato Grosso do Sul, um em Três Lagoas e o outra em Dourados. Os dois estão em hospitais da Cassems.

Em Três Lagoas, conforme a assessoria de imprensa da Cassems, está internado homem de 53 anos, cardiopata, hipertenso e com histórico de cirurgia cardíaca. Ainda assim, conforme o hospital, o quadro já dá indícios de alta hospitalar.

No hospital da Cassems em Dourados está internada a enfermeira de 30 anos que contraiu o coronavírus após manter contato com a merendeira de 64 anos que faleceu em decorrência da infecção, único óbito registrado até agora em Mato Grosso do Sul. A Cassems afirma que, conforme último boletim médico do hospital, a enfermeira está com quadro clínico estável.

Segundo o secretário estadual de saúde Geraldo Resende, em Dourados é onde está internado o único paciente no sistema público de saúde. O homem de 35 anos foi diagnosticado com coronavírus nesta quinta-feira (02) e em seguida transferido da UPA (Unidade de Pronto Atendimento Comunitário) para o Hospital Universidade da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados).

Capacidade de internação - De acordo com a SES, há hoje 515 leitos de UTI, somando as redes pública e particular. A secretaria anunciou ampliação de 138 novos leitos de UTI, 81 em Campo Grande e os 57 restantes em municípios do interior. A rede de atendimento também terá reforço de 281 leitos clínicos (239 na Capital e 42 em outras regiões do Estado) e de 48 leitos semi-intensivos no HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian, em Campo Grande.

Conforme levantou o Campo Grande News, não há nenhum paciente com diagnóstico confirmado da doença no HR, apenas casos suspeitos. O HU de Campo Grande sequer recebeu pacientes com suspeita de coronavírus, conforme a assessoria de imprensa, porque os casos estão sendo regulados para o Hospital Regional.

Maior hospital de Mato Grosso do Sul, a Santa Casa também não recebe pacientes com suspeitas de infecção do novo vírus porque não foi selecionada pela SES como hospital referência para o tratamento da doença.

De acordo com comunicado da assessoria de imprensa a Associação Beneficente que mantém o hospital, a Santa Casa tem atuado apenas como hospital de apoio, recebendo pacientes do HR que estavam tratando outras doenças.

“Os testes para o SARS-Cov-2 em pacientes internados, que apresentavam sintomas respiratórios, tiveram resultados negativos, conforme estamos divulgando diariamente em nossos boletins epidemiológicos”, informa nota da Santa Casa.