ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

Mato Grosso do Sul recebe 92 mil doses da vacina contra a gripe

Estado já recebeu 885 mil unidades do imunizante desde o início da campanha, em 18 de março

Por Gustavo Bonotto | 07/05/2024 23:43
Mulher recebe dose da vacina contra a gripe em unidade básica. (Foto: Bruno Rezende)
Mulher recebe dose da vacina contra a gripe em unidade básica. (Foto: Bruno Rezende)

A Secretaria Estadual de Saúde recebeu, nesta terça-feira (7), 92 mil doses da vacina contra a influenza ao receber a 9ª remessa encaminhada pelo Ministério da Saúde. O imunizante, segundo nota enviada à imprensa, será disponibilizado aos municípios mediante o uso das doses já entregues.

Levantamento feito pela pasta aponta que 885.170 vacinas já foram encaminhadas pelo governo federal. Do total, 739.170 foram distribuídos aos municípios desde o início da campanha, em 18 de março.

A vacina contra Influenza pode ser administrada na mesma ocasião de outros imunizantes do Calendário Nacional de Vacinação. A imunização (contra a Influenza) segue até o dia 31 de maio no Estado. Crianças que vão receber o imunizante pela primeira vez deverão tomar duas doses, com um intervalo de 30 dias.

As vacinas contra a influenza são trivalentes, produzidas pelo Instituto Butantan e distribuídas para toda a rede pública de saúde. A composição varia anualmente conforme as cepas do vírus predominantes. Em 2024, o imunizante carrega três tipos de cepas de vírus combinadas: A (H1N1); A (H3N2) e B (linhagem B/Victoria).

Diante da emergência causada nas unidades básicas, a SES havia ampliado a oferta da vacina para toda a população acima de seis meses de idade na semana passada. Campo Grande, por exemplo, enfrenta situação de emergência diante do aumento das doenças respiratórias. Os dados mais recentes indicam que já foram registrados 1.033 casos de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e 68 mortes relacionadas a estas condições somente neste ano.

O termo SRAG abrange vários vírus como influenza (causadores da gripe), coronavírus (covid-19), VRS (Vírus Sincicial Respiratório) e rinovírus. A demanda crescente por atendimento na rede pública de saúde começou na reta final do mês de abril. Enquanto no dia 21, um domingo, foram atendidos 1.492 pacientes. Na data seguinte (dia 22), já eram 6.455 pacientes.

O surto de viroses pressionou o sistema público e particular, com esperas por horas até o atendimento médico.

Receba as principais notícias do Estado no WhatsApp. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nas redes sociais: Facebook, Instagram e TikTok

Nos siga no Google Notícias