ACOMPANHE-NOS    
FEVEREIRO, SÁBADO  27    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Mato Grosso do Sul vai ceder 10 leitos de UTI para pacientes do Amazonas

Pacientes serão transferidos de Manaus para Campo Grande, onde vão continuar o tratamento da covid-19

Por Nyelder Rodrigues e Ângela Kempfer | 18/01/2021 15:57
Governador Reinaldo Azambuja concedeu entrevista na chegada da vacina à Campo Grande, na pista da Base Aérea (Foto: Paulo Francis)
Governador Reinaldo Azambuja concedeu entrevista na chegada da vacina à Campo Grande, na pista da Base Aérea (Foto: Paulo Francis)

Em entrevista coletiva concedida na chegada na Base Aérea de Campo Grande dos lotes com as primeiras 158 mil doses da vacina contra a covid-19 que serão aplicadas em Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) revelou também que o Estado vai ceder 10 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para o Amazonas.

Ponto crítico da saúde pública nacional, apesar do porte metropolitano, Manaus, capital do estado brasileiro com maior extensão territorial, enfrentou duas graves crises por causa da covid-19. A primeiro ainda em 2020, no auge da primeira onda da pandemia.

Já agora em janeiro de 2021, a situação se agravou, inclusive com falta de oxigênio nos hospitais da rede pública manauara. Com isso, o problema ganhou forte repercussão nacional e ajuda de outros estados, Venezuela e até da iniciativa privada.

"Tivemos um momento delicado de superlotação de leitos, mas agora podemos ajudar", frisa Reinaldo ao explicar que o recente 'fôlego' ganho em Mato Grosso do Sul quanto à ocupação hospitalar vai possibilitar o auxílio ao estado do Norte.

Ainda de acordo com Reinaldo, os pacientes serão transferidos do Amazonas para Campo Grande, onde ficarão internados em tratamento intensivo da covid-19. Os detalhes sobre chegada desses enfermos e locais onde ficarão na cidade ainda não foram divulgados, dito apenas que parte deles devem ficar no Hospital Regional.

Reinaldo na chegada das vacinas em Campo Grande (Foto: Reprodução/Facebook/Ascom)
Reinaldo na chegada das vacinas em Campo Grande (Foto: Reprodução/Facebook/Ascom)

Vacinas - As doses de imunizantes da covid-19 chegaram por volta das 15h10 desta segunda-feira (18) em um avião da FAB (Força Área Brasileira). O desembarque foi acompanhado por Reinaldo e os secretários municipal e estadual de Saúde, José Mauro Filho e Geraldo Resende, respectivamente,

De acordo com José Mauro, pelo menos 20 mil doses devem ficar em Campo Grande. Elas serão levadas em caminhões refrigerados para Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica do Estado em comboio escoltado por equipes da PF (Polícia Federal) e PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Na coordenadoria, será feita a contagem exata das doses recebidas. A partir daí, elas serão distribuídas aos 79 municípios do Estado. Ainda hoje, às 17h, em cerimônia simbólica no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), as três primeiras pessoas que residem no Estado vão receber a primeira dose.

São elas uma idosa, de 82 anos, moradora do Asilo São João Bosco, um médico do próprio Hospital Regional, e uma indígena, de 92 anos, que mora em aldeia localizada no município de Sidrolândia - a 71 km de Campo Grande.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário