ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEXTA  07    CAMPO GRANDE 28º

Cidades

MS atinge 3º maior índice de notificações por dengue dos últimos 8 anos

Números registrados neste ano ficam atrás apenas de 2019 e 2013

Por Gabriel Neris | 15/07/2020 18:08
Agente de saúde identifica larvas do mosquito Aedes aegypti em vasilhame (Foto: PMCG)
Agente de saúde identifica larvas do mosquito Aedes aegypti em vasilhame (Foto: PMCG)

Mato Grosso do Sul registrou em uma semana 558 notificações por dengue em uma semana, passando para total de 65.802 no ano, de acordo com o boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgado nesta quarta-feira (15).

O total de notificações já é o terceiro maior número dos últimos oito anos, atrás somente de 2019, quando foram 85.470 notificações, e de 2013, que chegou a 99.748.

O número de óbitos provocados pela doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti neste ano permanece 39. Os últimos ocorreram em maio.

São sete mortes em Campo Grande, quatro em Corumbá, três em Dourados e Naviraí, dois em Ponta Porã, Mundo Novo, Caarapó e Chapadão do Sul, e uma morte em Pedro Gomes, Costa Rica, Cassilândia, Paranaíba, São Gabriel do Oeste, Aquidauana, Bodoquena, Sidrolândia, Nova Andradina, Itaporã, Laguna Carapã, Ivinhema, Itaquiraí e Sete Quedas.

Todos os municípios do Estado apresentam alta incidência da doença, quando são registrados 300 casos por 100 mil habitantes. Douradina é o município com maior índice. São 6.802,8 casos a cada 100 mil habitantes, seguido por São Gabriel do Oeste (6.757,3) e Novo Horizonte do Sul (6.528,6). Campo Grande tem 1.812,6 casos a cada 100 mil habitantes.