ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 10º

Cidades

MS é a 7ª maior porta de entrada para turistas internacionais no Brasil

De janeiro a maio, 31.758 turistas chegaram ao estado por via aérea ou terrestre

Por Jhefferson Gamarra | 23/06/2024 15:15
Fronteira terrestre entre Brasil e Bolívia (Foto: Semadesc/Divulgação)
Fronteira terrestre entre Brasil e Bolívia (Foto: Semadesc/Divulgação)

Mato Grosso do Sul ficou em sétimo lugar entre os estados brasileiros com maior entrada de turistas internacionais de janeiro a maio de 2024, segundo dados da Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo), do Ministério do Turismo e da Polícia Federal. No período, 31.758 turistas chegaram ao estado por via aérea ou terrestre.

Nacionalmente, o Estado recebeu menos turistas internacionais apenas que São Paulo (966.405), Rio de Janeiro (677.878), Rio Grande do Sul (603.221), Paraná (463.153), Santa Catarina (305.698) e Bahia (56.276). Mato Grosso do Sul ficou à frente de Ceará (25.076), Distrito Federal (24.842), Pernambuco (24.607), Minas Gerais (18.178), Amapá (13.358), Amazonas (12.970), Pará (11.382) e Rio Grande do Norte (9.910).

A principal via de acesso ao Brasil através de Mato Grosso do Sul é por terra. De acordo com os dados, 31.723 turistas entraram por terra, 34 por via aérea e 1 por via fluvial. A maioria dos turistas internacionais vem de países que fazem fronteira ou são próximos ao Estado: Bolívia (19.217), Paraguai (9.934), Peru (732), Argentina (328), Colômbia (271).

Além dos turistas dos países próximos, Mato Grosso do Sul também recebeu visitantes de várias outras nacionalidades via terrestre, incluindo México (241), França (133), Chile (92), da Alemanha (90), Venezuela (79), Espanha (75), Equador (57), Suíça (37), Canadá (37), Reino Unido (36), Estados Unidos (34), Japão (34), Itália (28), Holanda (26), Uruguai (24), Bélgica (16), China (13), Dinamarca (13), Polônia (12), Coreia do Sul (12), Noruega (10), Israel (10), Irlanda (10), Portugal (10) e outras.

No mesmo período, o Brasil registrou a entrada de 3.264.765 turistas internacionais, marcando um aumento de 8,6% em comparação com o mesmo período de 2023, quando foram contabilizados 3.005.505 visitantes. Este desempenho representa o terceiro melhor resultado da série histórica iniciada em 1995, ficando atrás apenas de 2017, com 3,3 milhões, e 2018, com 3,4 milhões. Além disso, o número indica um crescimento de 4,3% em relação aos primeiros cinco meses de 2019, pré-pandemia de covid-19, quando o Brasil recebeu 3.131.108 turistas internacionais.

“Esse início de ano tem se mostrado muito positivo para o Brasil, tanto em entrada de turistas quanto de divisas”, disse. “Isso vem acontecendo porque temos trabalhando para que o mundo inteiro saiba que o Brasil voltou, como costuma dizer o presidente Lula. Nos posicionamos nos temas mais importantes dos nossos tempos, como meio ambiente, sustentabilidade, respeito à diversidade e democracia, construindo esse Brasil. E as pessoas querem visitar o nosso país, que é diverso, continental e ocupa um papel fundamental nas soluções dos problemas econômicos e ambientais do mundo”, destacou o presidente da Embratur, Marcelo Freixo.

Nos siga no Google Notícias