ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 30º

Cidades

No fim do prazo, 50 escolas entregam documento obrigatório para volta na segunda

Das 89 escolas que tinham a intenção de voltar às aulas no dia 21, 50 delas entregaram o termo de compromisso na Prefeitura

Por Paula Maciulevicius Brasil | 18/09/2020 10:50
Na Maple Bear, por exemplo, funcionários passam pelos últimos treinamentos com a engenheira sanitarista Keiciane Brasil para voltar segunda-feira. (Foto: Kísie Ainoã)
Na Maple Bear, por exemplo, funcionários passam pelos últimos treinamentos com a engenheira sanitarista Keiciane Brasil para voltar segunda-feira. (Foto: Kísie Ainoã)

Até a manhã de hoje, 50 escolas haviam entregue o termo de compromisso previsto em decreto para a volta às aulas na próxima segunda-feira (21). O número é mais da metade das instituições de ensino que vem brigando há meses para o retorno.

O Sinep (Sindicato das Escolas Particulares de Mato Grosso do Sul) havia levantado que eram 89 as escolas com Educação Infantil que tinham a intenção de voltar até o último decreto publicado, que trouxe uma série de medidas.

"A intenção de volta era essa, mas o decreto que saiu apresentou mais exigências do que tínhamos apresentado antes e muitas escolas que fizeram um plano mais sucinto vão ter de se readequar", fala a presidente do sindicato, Maria da Glória Paim.

O sindicato está levantando e deve ter um número fechado apenas na segunda-feira. "A nossa expectativa, no fim das contas, é voltar. Estamos há quanto tempo fechados? O segmento quer voltar, as famílias querem ter o filho de volta. Temos que atender os alunos que permanecerão em casa e aqueles que vão para a escola", fala a representante.

Totem de álcool em gel é parada obrigatória para aluno entrar em escola. (Foto: Kísie Ainoã)
Totem de álcool em gel é parada obrigatória para aluno entrar em escola. (Foto: Kísie Ainoã)

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), 50 pré-escolas de Educação Infantil protocolaram o termo de compromisso tanto na Vigilância Sanitária quanto na Central de Atendimento ao Cidadão.

Uma das escolas que não vai voltar agora é a Educação Infantil do Colégio Dom Bosco. Em nota, o colégio informou aos pais que preferiu aguardar mais alguns dias, marcando o retorno para o dia 1º de outubro. Coordenador do colégio, Lúdio Silva, disse que não tem relação com os critérios exigidos pela Prefeitura e que se trata de uma decisão da coordenação pedagógica e da direção.

"Muitas escolas não vão voltar, nós estamos preparados e poderíamos abrir a partir do dia 21, mas a gente optou por voltar somente em outubro, porque não há uma pressão da escola. Não tivemos pressa nenhuma em antecipar em nenhum momento", frisa.

Colégio Dom Bosco é um dos que não volta na segunda e sem pressão, preferiu adiar retorno para outubro. (Foto: Henrique Kawaminami)
Colégio Dom Bosco é um dos que não volta na segunda e sem pressão, preferiu adiar retorno para outubro. (Foto: Henrique Kawaminami)

Passando pelos últimos treinamentos de funcionários, a escola Maple Bear volta com 30 alunos na segunda-feira. Diretor administrativo da Maple Bear, Rafaat Toumani explica que o dia será de preparação com a engenheira sanitarista Keiciane Brasil orientando quanto ao uso de máscara, lavagem, troca e higienização das mãos.

"Outra parte do processo de treinamento é o interno, a entrada da criança até a saída. São dois blocos de treinamento", ressalta. O termo de compromisso estabelecido em decreto já foi entregue na Prefeitura, e segundo a escola, o plano de biossegurança, além de ficar afixado na instituição, será repassado aos pais.

A volta às aulas será com horário escalonado e turmas variadas. "A gente vai começar com duas na segunda, duas na terça, duas na quarta e na quinta. Na sexta não terá nenhuma e depois, vamos ter mais turmas na outra semana", explica Rafaat.

As 30 crianças que voltam às aulas têm entre 2 e 3 anos e vão chegar em horários diferentes. A primeira turma, às 7h15 e a segunda  às 8h. No período vespertino, 13h15 e 14h.

Veja a lista parcial das escolas que já protocolaram o termo de compromisso para retorno:

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário