ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  03    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Pandemia não impediu emoção de assistir à 1ª formatura de Medicina da Uems

Plateia acompanhou entrega dos certificados de dentro de seus veículos no estacionamento da universidade

Por Adriano Fernandes | 21/10/2020 20:55
Plateia acompanhou tudo com buzinaço, no estacionamento da universidade (Foto: Uems/Divulgação)
Plateia acompanhou tudo com buzinaço, no estacionamento da universidade (Foto: Uems/Divulgação)

Mesmo adaptada aos novos tempos de pandemia, a colação de grau da primeira turma de Medicina da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) ocorreu, nesta noite (21) com toda a "pompa" que os 47 novos médicos merecem.

Sem poder se reunir em um salão de eventos por conta do risco de contaminação pelo novo coronavírus, a plateia, composta por familiares e amigos dos acadêmicos, acompanhou a entrega dos canudos de dentro de seus veículos, no estacionamento do bloco A da universidade.

Aluna recebe certificado de conclusão do curso (Foto: Uems/Divulgação)
Aluna recebe certificado de conclusão do curso (Foto: Uems/Divulgação)

Apesar das restrições de distanciamento o que não faltou foi animação. As palmas deram lugar a buzinaço a cada formando que subia ao palco. As tradicionais faixas de felicitações e balões, claro, também não faltaram.

Dos formados, 16 são de Mato Grosso do Sul, 12 de São Paulo, três de Minas Gerais, dois do Rio de Janeiro, um de Pernambuco, um de Tocantins, um da Bahia, dois de Goiás, dois de Mato Grosso, um de Rondônia, três do Paraná, um de Alagoas, um do Piauí e um do Maranhão.

A maioria dos formandos é mulher, 30 ao toral, e outros 17 são homens, em um grupo que conta com três cotistas indígenas e nove negros. A turma leva o nome do professor Flávio Senefonte e tem como paraninfo o médico Renato Arruda e como patronesse, a médica Tânia Salum.

Pioneiro -  Criado em 2015, o curso de Medicina da Uems teve investimento de R$ 1, 5 milhão do governo estadual nos últimos anos. Reitor da universidade, professor doutor Laércio Alves de Carvalho, ressaltou o orgulho que sente.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário