A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

09/10/2019 09:22

PF apreende documentos na Conab em ação contra fraudes no Fome Zero

Polícia cumpre mandados em MS na investigação que apura fraudes no programa em Campo Grande e mais quatro municípios

Silvia Frias e Clayton Neves
Policiais deixam a sede da Conab, na Avenida Mato Grosso, com documentos (Foto: Henrique Kawaminami)Policiais deixam a sede da Conab, na Avenida Mato Grosso, com documentos (Foto: Henrique Kawaminami)

Cerca de duas horas depois da chegada, as equipes da PF (Polícia Federal) saíram há pouco da sede da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), na Avenida Mato Grosso, após cumprimento a mandado de busca e apreensão em decorrência da Operação Pesticida, que apura fraudes no Programa Fome Zero.

Os policiais saíram com um malote com documentos apreendidos na ação.

Segundo informações apuradas pela reportagem, os policiais chegaram por volta das 7h. Os funcionários que estavam no local não foram dispensados e aguardam o trabalho da PF.

O atendimento ao público, regularmente feito das 8h às 18h, foi suspenso até o fim da ação policial. Somente agora, depois da saída deles é que o prédio foi aberto.

Na operação feita em conjunto com a CGU (Controladoria Geral da União), estão sendo cumpridos cinco mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Corumbá, Terenos, Bodoquena e Caracol.

Na Capital, a informação é que o único mandado cumprido foi na sede da Conab. A ação se concentra principalmente em Corumbá, onde há nove ordens de afastamento das funções políticas de agentes da Conab.

Irregularidade - Conforme a investigação, os atos fraudulentos teriam ocorrido entre os anos de 2011 e 2016, com envolvimento de representantes de cooperativas ou associações sediadas nos municípios de Terenos, Bodoquena, Caracol, Jardim e servidores da Conab, além de representantes municipais do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos) em Corumbá. O PAA é oriundo do programa Fome Zero, do governo federal.

A PF e a CGU verificaram casos de cadastramentos no programa em nomes de produtores que desconheciam o fato ou lastreados em propriedades rurais que não tinham capacidade produtiva.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions