ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Polícia cumpre mandados em MS contra tráfico de drogas e lavagem de dinheiro

Em MS, operação conjunta prendeu duas pessoas foram presas, em Água Clara e Ivinhema

Por Viviane Oliveira | 22/06/2021 08:19
Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreensão pela Operação Suborno (Foto/Divulgação: PCPE)
Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreensão pela Operação Suborno (Foto/Divulgação: PCPE)

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou, nesta terça-feira (22), a Operação Suborno para prender suspeitos de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro com mandados expedidos em Recife, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Acre e Rio Grande do Norte.

Em Mato Grosso do Sul, a reportagem apurou que duas pessoas foram presas, em Ivinhema e Água Clara, em cumprimento aos mandados.

No total, a 6ª Vara Criminal do Recife emitiu 20 mandados de prisão, dois para alvos que já estão no sistema prisional, e 26 de busca e apreensão domiciliar, sequestro de imóveis e veículos e bloqueio judicial de ativos financeiros.

Presa durante Operação Suborno sendo conduzida (Foto/Reprodução)
Presa durante Operação Suborno sendo conduzida (Foto/Reprodução)

A investigação foi iniciada em julho de 2020, com objetivo de desarticular quadrilha de tráfico de drogas e pela prática de lavagem de dinheiro.

Ao todo, 130 policiais civis participam da operação, coordenada pelo GOE (Grupo de Operações Especiais) por intermédio do Denarc (Departamento de Repressão ao Narcotráfico).

As investigações foram assessoradas pela Dintel (Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco) e contaram com o apoio da Secretaria de Operações Integradas e das Polícias Civis dos Estados do Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Acre

Até a última atualização, a Polícia Civil  ainda não havia detalhado quantos mandados foram expedidos para cada Estado e quais municípios recebem a operação. Pelo menos uma moto e um carro já foram apreendidos.

#atualizada às 9h48 para acréscimo de informações


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário