ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

Primeiro paciente grave com coronavírus em MS, cônsul da Síria deixa UTI

“Ele está bem, foi para o quarto, está sorridente", conta a filha, Jameela Yussef, que conversou com o pai por chamada de vídeo

Por Anahi Zurutuza | 01/04/2020 19:34
Cônsul conversou com a filha, Jameela, e o neto, Kabril Yussef Neto, por chamada de vídeo hoje (Foto: Reprodução)
Cônsul conversou com a filha, Jameela, e o neto, Kabril Yussef Neto, por chamada de vídeo hoje (Foto: Reprodução)

Internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo (SP), vítima do novo coronavírus, o cônsul da Síria em Mato Grosso do Sul, Kabril Yussef, de 67 anos, teve melhora no quadro de saúde e deixou a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) no fim da tarde desta quarta-feira (1º). Ele ainda precisará ficar internado, segundo a filha Jameela Yussef, porque respira com a ajuda de oxigênio, mas sem ventilador mecânico.

“Ele está bem, foi para o quarto, está sorridente. Deve ter de ficar no hospital por mais uma semana”, conta a filha, que de Campo Grande conversou com o pai por chamada de vídeo hoje.

No cantinho do vídeo, neto, de 10 anos, e filha sorriem ao ver avô e pai fora de perigo (Foto: Reprodução)
No cantinho do vídeo, neto, de 10 anos, e filha sorriem ao ver avô e pai fora de perigo (Foto: Reprodução)

O caso de Yussef é o primeiro grave da Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Ele deu entrada no Proncor da Capital no dia 14 de março e no dia seguinte foi transferido para o Sírio-Libanês. Passou, portanto, 18 dias na UTI.

O cônsul é um dos 7 pacientes confirmados com o coronavírus do Estado que estão internados. Até esta quarta, conforme o boletim divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), há 16 pessoas em isolamento domiciliar, 27 que já terminaram a quarentena e 1 óbito. São 51 casos no total.