ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 23º

Cidades

Quatro cidades de MS estão entre as mais quentes do país

Oito dos 79 municípios registraram temperaturas acima dos 40ºC

Por Alison Silva | 17/11/2023 17:39
Sol forte na região do Jardim dos Estados, na Capital (Foto: Juliano Almeida)
Sol forte na região do Jardim dos Estados, na Capital (Foto: Juliano Almeida)

Quatro cidades de Mato Grosso do Sul estão entre os cinco municípios mais quentes desta sexta-feira (17) em todo o Brasil. Com 43,1ºC, o  município de Porto Murtinho foi o mais quente do país, temperatura registrada às 15h. O Estado também registrou a segunda maior temperatura do Brasil em Três Lagoas, visto que o município da região do Bolsão marcou 42,5ºC. Água Clara com 41,9ºC foi o quarto lugar mais quente, ao passo que Coxim, que registrou 41,5ºC, fecha a lista dos municípios sul-mato-grossenses, na quinta colocação do país. A lista dos municípios mais quentes do dia também conta com o município de São Romão, Minas Gerais.

De acordo com o Inmet, todo o Estado está sob alerta de perigo em virtude das altas temperaturas. De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão, os municípios de Aquidauana, Bataguassu, Bonito e Pedro Gomes, também passaram dos 40ºC hoje.

Contraponto - Apesar do intenso calor, parte de MS está com risco de chuvas e rajadas de vento neste final de semana. Segundo o Inmet, as cidades de Água Clara, Alcinópolis, Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Anaurilândia, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Figueirão, Inocência, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Paranaíba, Ribas do Rio Pardo, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Três Lagoas podem registrar chuvas e rajadas de vento entre 40 e 60 km/h, com baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores e de alagamentos.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.



Nos siga no Google Notícias