ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 19º

Cidades

Sem matéria-prima, Butantan vai paralisar produção da Coronavac amanhã

Instituto aguarda que a China envie insumos para produzir o imunizante

Por Aline dos Santos | 13/05/2021 11:20
Doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan. (Foto: Paulo Francis)
Doses da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan. (Foto: Paulo Francis)

Sem matéria-prima, o Instituto Butantan informou que vai parar a produção da vacina Coronavac a partir de amanhã (dia 13). Em nota ao UOL, o instituto explicou que o IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) recebido no dia 19 de abril já foi completamente processado e aguarda mais insumos, que são enviados pela China, para retomar a produção do imunizante.

Após orientação do Ministério da Saúde, todas as doses da vacina foram aplicadas em Campo Grande, sem reserva da dose de reforço. Agora, a Coronavac está em falta. A vacina esgotou na segunda-feira e, na ocasião,  ainda era distribuída para quem estava agendado para 21 de abril.

A previsão é que o imunizante volte a ser aplicado amanhã, após chegada de novo lote na noite desta quinta-feira (dia 13). Na Capital, cerca de 40 mil pessoas aguardam pela dose de reforço.

Conforme a nota do Butatan, relações diplomáticas entre Brasil e China interferem no envio de insumos. "O Butantan aguarda autorização do governo chinês para a liberação de mais matéria-prima necessária para a produção da vacina. Questões referentes à relação diplomática Brasil x China podem, sim, estar interferindo diretamente no cronograma de liberação de novos lotes de insumos”.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário