ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Temperaturas máximas em MS foram as maiores desde 1996 nesta terça

Sensação térmica também foi extrema, principalmente em Coxim, onde maior temperatura do Estado foi atingida

Por Lucia Morel | 29/09/2020 18:25
Para amanhã, previsã é de temperaturas ainda mais altas. (Foto: Henrique Kawaminami)
Para amanhã, previsã é de temperaturas ainda mais altas. (Foto: Henrique Kawaminami)

Mato Grosso do Sul registrou hoje as maiores temperaturas máximas desde 1996, segundo a Estação Meteorológica da Uniderp/Anhanguera. Há possibilidade de que amanhã, as máximas sejam ainda mais altas.

O maior dado foi em Coxim, onde a temperatura chegou a 42,6°C, com sensação térmica de 51°C. Campo Grande teve máxima de 38,8°C, com sensação de 47ºC.

Segundo o meteorologista Natálio Abraão, a umidade mais baixa de hoje em MS foi de 10% em Sonora, onde a temperatura chegou a 40,4°C e a sensação de 48°C. Coxim, que teve a temperatura mais alta, atingiu umidade de 12% e Campo Grande, 15%.

Outras cidades do Estado que atingiram as máximas mais elevadas em 24 anos foram Corumbá, onde está o Pantanal. Lá, a máxima foi de 40,6°C e sensação de 49°C com umidade de 22%.

Em Três Lagoas a temperatura alcançou 42,2ºC e 50ºC de sensação térmica e umidade relativa de 14%. “São as maiores máximas desde 1996. E amanhã pode ser maior. Não há previsão de chuvas”, destacou o meteorologista.

Há alguns dias o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) tem emitido alertas de altas temperaturas e baixa umidade para todo Estado. E hoje não foi diferente. Onda de calor está prevista até 2 de outubro, período em que as temperaturas mais altas devem ocorrer.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário