ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 33º

Cidades

Tempestade de areia atingiu sete municípios de Mato Grosso do Sul

Defesa Civil do Estado está monitorando e fazendo levantamentos dos estragos nos municípios

Por Mirian Machado | 15/10/2021 18:35
No Bairro Tijuca, em Campo Grande, areia no céu parecia fumaça. (Foto: Paulo Francis)
No Bairro Tijuca, em Campo Grande, areia no céu parecia fumaça. (Foto: Paulo Francis)

A tempestade de areia, chamada de 'haboob', atingiu ao menos sete municípios de Mato Grosso do Sul, na tarde desta sexta-feira (15). Acompanhada de vendaval e chuva, deixou um rastro de destruição pelas cidades.

A Defesa Civil do Estado de Mato Grosso do Sul está nas ruas fazendo levantamento dos estragos. O fenômeno deixou o céu vermelho e depois, fez o dia virar noite em Campo Grande, Miranda, Corumbá, Aquidauana, Dourados, Ponta Porã e Dois Irmãos do Buriti.

“Por determinação do governador Reinaldo Azambuja, a Defesa Civil Estadual está fazendo monitoramento junto aos municípios para levantar os danos provocados por essa tempestade de areia que atingiu o Estado nesta sexta-feira provocando diversos transtornos”, destacou o coordenador da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Fábio Catarinelli.

Segundo dados do Corpo de Bombeiros, 154 árvores haviam caído em Campo Grande. Além da Capital, os fortes ventos também provocaram queda de árvores e destelhamentos nos municípios de Porto Murtinho, Juti, Novo Horizonte do Sul, Aquidauana, Anastácio, São Gabriel do Oeste, Nova Andradina, Maracaju, Ribas do Rio Pardo, Três Lagoas e Corumbá.

A Defesa Civil do Estado emitiu alerta por volta das 11h, via SMS. O aviso do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) segue até as 11h de sábado (15) em todo o Estado. A orientação é buscar abrigo durante vendaval. Não ficar em locais com muitas árvores ou placas de propaganda.

Antes das 15h, motoristas tiveram de ligar faróis para continuar pelas ruas de bairros da Capital. (Foto: Paulo Francis)
Antes das 15h, motoristas tiveram de ligar faróis para continuar pelas ruas de bairros da Capital. (Foto: Paulo Francis)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário