ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUARTA  17    CAMPO GRANDE 24º

Cidades

União fará audiência em Campo Grande para avaliar relicitação da 163

ANTT incluiu uma audiência em Campo Grande para debater concessão de trecho da BR-163

Maristela Brunetto | 14/03/2023 16:40
CCR Vias pediu para fazer a devolução amigável da BR, após declarar prejuízos. (Foto: Divulgação)
CCR Vias pediu para fazer a devolução amigável da BR, após declarar prejuízos. (Foto: Divulgação)

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) confirmou hoje as datas para duas audiências públicas para discutir a concessão da BR-163, no trecho chamado de “Rota do Pantanal”, que vai de Campo Grande até a divisa com o Mato Grosso, na altura do Rio Corrientes. Uma das audiências será em Campo Grande, no dia 21 deste mês, a partir das 14h, na Assembleia Legislativa.

Anteriormente, haveria somente uma audiência em Brasília, remarcada do dia 22 para o dia 24. O endereço na capital federal será no Setor de Clubes Esportivos Sul - SCES, trecho 03, lote 10, Projeto Orla Polo 8 - Brasília – DF. Também haverá transmissão em vídeo da audiência, sendo possível verificar as informações no site http://www.antt.gov.br - Participação Social - Audiência Pública nº 03/2023 e no Sistema ParticipANTT.

A ANTT adotou os procedimentos para relicitar a BR depois de a concessionária que detém o contrato, a CCR Vias, pedir rescisão do contrato e comunicar a devolução da 163 diante da verificação de prejuízos e baixas perspectivas de arrecadação com o pedágio.

A agência pretende colher informações para elaborar minutas para o edital de concessão e posterior contrato, além do programa para a exploração da rodovia e estudos sobre a viabilidade da concessão, sobre aspectos técnicos, econômicos e ambientais. Trata-se de um trecho de 379,60 km. A concessão do trecho prevê duplicação de 67 km, 84 km de faixas adicionais, 2,5 km de vias marginais, implantação de travessias urbanas e dispositivos de segurança. Conforme a ANTT, haverá, ainda, passagens de fauna, pontos de ônibus e melhorias como acessos, passarelas e a duplicação do trecho.

Nos siga no Google Notícias