ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 27º

Cidades

Vacinas contra a covid de 3 patentes chegam na noite de 3ª e 4ª em MS

Serão encaminhadas doses da Astrazeneca, Pfizer e Coronavac - essa última, será aplicada para 1ª e 2ª dose

Por Guilherme Correia | 26/07/2021 11:05
Um dos diversos lotes de vacina adquiridos pela União e distribuídos a MS (Foto: Paulo Francis/Arquivo)
Um dos diversos lotes de vacina adquiridos pela União e distribuídos a MS (Foto: Paulo Francis/Arquivo)

O novo lote de vacinas contra a covid-19, que chegará nesta semana em Mato Grosso do Sul, está previsto para as noites de terça-feira (27) e quarta-feira (28). Nesta manhã, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) garantiu que elas serão distribuídas aos municípios sul-mato-grossenses nas manhãs seguintes.

Amanhã, serão 41,4 mil doses de Coronavac, que deverão ser empregadas para aplicação de primeira e segunda dose, além de 13,1 mil de Astrazeneca. “Todas elas vão ser remetidas aos municípios para que possam programar aplicação”, disse o titular da pasta, Geraldo Resende.

No dia seguinte, também durante a noite, serão encaminhadas 26.910 da Pfizer e 31.250 da Astrazeneca. “Na quarta à noite, vamos distribuir na quinta de manhã e a gente poderá fazer com que a partir de quinta-feira os municípios já recebam imunização, que nós do Mato Grosso do Sul, estamos sendo referências nacionais”.

Por fim, o secretário estadual de Saúde “convocou” os municípios que utilizem o restante de doses que foram distribuídas. “Façam busca ativa, façam emprego de vacinas com D2 [segunda dose], se tivermos aprazamento de oito a 12 semanas para vacinas da Astrazenca e Pfizer e vacinas da Coronavac de no máximo 21 dias”, preconizou.

“Para que a gente faça o que é de fato a nossa missão, para conseguirmos a imunidade coletiva até o final de agosto ou início de setembro”, afirmou.

A resolução com a distribuição das vacinas será publicada ainda nesta segunda-feira, após reunião da CIB (Comissão Intergestora Bipartite) entre MS e as secretarias municipais.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário