ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEXTA  12    CAMPO GRANDE 11º

Cidades

Vereadores de São Gabriel encaminham CPI para investigar Assistência Social

Suspeita que pasta favoreceu pessoas em compras, uso indevido de recursos, entre outros atos

Por Lucas Mamédio | 21/06/2024 14:38
Vereadores de São Gabriel durante sessão na Câmara Municipal (Foto: Divulgação)
Vereadores de São Gabriel durante sessão na Câmara Municipal (Foto: Divulgação)

Os vereadores de São Gabriel do Oeste pediram a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar possíveis atos de improbidade administrativa na Secretaria Municipal de Assistência Social. O documento, que contou com a assinatura de todos os vereadores.

Segundo o presidente da Casa, Fernando Rocha (União), ele deverá designar os membros que vão fazer parte da comissão até a próxima terça-feira, dia 25, além de fixar o prazo para apresentação do relatório final das investigações.

Segundo requerimento serão apurados concessão de benefícios indevidos, uso indevido de suprimentos pela secretária, Rosane Moccelin de Arruda, suspeita de falsidade ideológica, suspeita de favorecimento de famílias específicas em compras, confecção de relatórios de estudos sociais falsos, entre outros fatos.

Entre as atribuições da CPI estão a possibilidade de tomar depoimentos de autoridades municipais, intimar testemunhas sob compromisso, realizar verificações contábeis em documentos públicos e convocar secretários municipais e dirigentes de órgãos da administração pública para prestar esclarecimentos.

Ao final das investigações, o parecer conclusivo da CPI poderá ser encaminhado à Mesa Diretora da Câmara para divulgação ao plenário, ao Ministério Público com eventuais provas de infrações, ao Poder Executivo, às Comissões Permanentes relacionadas e ao Tribunal de Contas do Estado.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias