A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/12/2008 14:11

Ação que investiga fraudes no Incra/MT faz prisão em MS

Redação

A operação que investiga fraudes no Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) de Mato Grosso cumpriu mandado de prisão em Mato Grosso do Sul. Conforme o site Terra, foram detidas pessoas em Amambai (MS), Cuiabá (MT), Várzea Grande (MT), Cáceres (MT), Sinop (MT), Itaúba (MT), Novo Horizonte (SP) e Tupassi (PR).

As prisões foram acatadas pelo juiz da 1ª Vara Federal em Mato Grosso, Julier Sebastião Silva. De acordo com o procurador Mario Lúcio Avelar, do MPF (Ministério Público Federal) de Mato Grosso, as fraudes em títulos de terra investigados na região de Claudia e Itaúba podem ter causado prejuízo de R$ 14 milhões aos cofres públicos.

A investigação resultou na prisão do superintendente regional do órgão em MT, João Bosco de Morais. Ele foi exonerado.

O grupo mudava títulos de terra de fazendas que passariam por desapropriação para áreas devolutas do Estado ou da União, situadas em regiões da Floresta Amazônica, e informavam que as terras estavam aptas para assentamentos.

Segundo o Código Florestal, essas áreas são restritas para desmatamento. Para o MPF-MT, as supostas fraudes investigadas no Incra têm fomentado a indústria madeireira, pois as áreas escolhidas eram de floresta ainda intacta.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions