ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

ACP pode fechar escolas amanhã para discutir reajuste

Redação | 29/04/2010 17:28

As escolas municipais de Campo Grande podem amanhecer sem professores nesta sexta-feira. A ACP (Sindicato Campograndense dos Profissionais da Educação) convocou assembleia geral para amanhã, o que pode deixar 80 mil alunos sem aulas no período matutino.

Durante a reunião, serão apresentados os resultados da assembleia realizada na tarde desta quinta-feira e da reunião que ocorreu na sequência, entre representantes dos professores e da prefeitura.

A prefeitura apresentou índice de 6%, que foi recusado pelos professores. Depois, o sindicato apresentou uma contraproposta de aumento de 10% no salário base e incorporação da regência de aulas, que corresponde a cerca de 50% do salário.

A regência representaria reajuste diferenciado para os professores, dependendo do tempo que cada um tem de serviço. Este índice varia de 1.61% a 11.73%

Hoje, a ACP foi recebida por uma comissão, que garantiu apresentar a demanda ao prefeito Nelsinho Trad (PMDB), assim que ele voltar de Brasília, o que deve ocorrer amanhã.

Segundo Geraldo Gonçalves, presidente da ACP, os professores querem a aplicação do piso nacional, referente a uma jornada de 20 horas. "Se considerarmos o piso para 2010, este índice de aumenta chega a 17.37%", detalhou.

O salário base de um professor é de R$ 575,39, sem a regência de aulas.

A assembleia acontece no período da manhã, na sede da ACP, para apresentar aos professores o resultado da reunião. Eles também podem decidir ir acompanhar a votação dos reajustes na Câmara Municipal.

Nos siga no Google Notícias