A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/01/2010 17:15

Acusada de matar irmão de prefeito vai a júri popular

Redação

Cynthia Carvalho Martins vai a júri popular pelo assassinato do empresário Alcir Pedro Arantes, irmão do prefeito de Rochedo, Adão Arantes (PDT), ocorrido em outubro de 2006. Nesta terça-feira, a 1ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou o recurso e manteve a pronúncia do juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos.

Além dela, o advogado Gilson Gomes da Costa também teve o recurso improvido por unanimidade e irá a júri por homicídio doloso. Eles teriam sido os supostos mandantes do crime.

Ao contrário do divulgado hoje pelo Campo Grande News, o julgamento do recurso foi adiado de 15 de dezembro para hoje. Não houve o adiamento de hoje para a próxima semana.

O relator do processo, João Batista da Costa Marques, rejeitou os argumentos da defesa, de que houve excesso do magistrado na pronúncia e uma testemunha não teria sido ouvida no processo.

Júri

Ministério Público faz contrato de R$ 3 milhões com empresa de informática
O MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) firmou contrato de R$ 3,3 milhões com a empresa Click Ti Tecnologia Ltda. Com validade de seis me...
Novos critérios definem morte encefálica e afetam doação de órgãos
O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou hoje (12) critérios mais rígidos para definir morte encefálica. A mudança nos procedimentos tem impacto...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions